Manchas de óleo chegam a três praias de Vera Cruz, na Ilha de Itaparica

bahia
17.10.2019, 18:10:00
Atualizado: 17.10.2019, 18:15:22
(Guardiões do Litoral/Divulgação)

Manchas de óleo chegam a três praias de Vera Cruz, na Ilha de Itaparica

Manchas ainda não afetam a Baía de Todos-os-Santos, garante Inema

Em momentos como o que vivemos, o jornalismo sério ganha ainda mais relevância. Precisamos um do outro para atravessar essa tempestade. Se puder, apoie nosso trabalho e assine o Jornal Correio por apenas R$ 5,94/mês.

O óleo que tem poluído praias da região Nordeste desde o mês de setembro e afeta a Bahia há uma semana chegou à Ilha de Itaparica. Nesta quinta-feira (17) foram registradas as primeiras manchas da substância no município de Vera Cruz.

A informação foi confirmada pela diretora geral do Instituto do Meio Ambiente e Recursos Hídricos (Inema), Márcia Telles, que ponderou que, apesar do óleo ter afetado mais um municípío, ele ainda não atingiu a Baía de Todos-os-Santos.

"A substância chegou na Ilha de Itaparica e afetou Vera Cruz, mas o óleo foi encontrado em uma área que não faz parte da Baía de Todos-os-Santos. Amanhã (sexta, 18) continuaremos fazendo um monitoramento para ver como esse material se desloca", explicou ao CORREIO.

De acordo com a Defesa Civil, as praias afetadas em Vera Cruz foram as de Barra Grande, Barra do Pote e Jaburú, onde foram recolhidas cerca de três toneladas de óleo.

A diretora do Inema pontuou ainda que as novas áreas afetadas acendem um alerta para o instituto. "Isso aumenta bastante a nossa preocupação, porque durante todo o tempo estamos monitorando através de helicópteros, lanchas e também acompanhando as praias afetadas. Preocupa por toda a fragilidade característica da Baía de Todos-os-Santos. Vamos avaliar como esse óleo se movimenta, o caminho que ele tem percorrido", completou.

Com a confirmação da contaminação em Vera Cruz, sobe para nove o número de municípios baianos atingidos pelas manchas de óleo. A lista é composta por Salvador, Lauro de Freitas, Camaçari, Mata de São João, Conde, Entre Rios, Esplanada, Jandaíra e, agora, Vera Cruz.

(Foto: Guardiões do Litoral/Divulgação)

Salvador
Na manhã desta quinta, Salvador amanheceu com algumas praias pintadas de preto. Foi o caso das praias do Farol da Barra e de Ondina, além de Praia do Flamengo. Um dos cenários mais críticos foi na Praia da Pedra do Sal, em Itapuã, onde foi encontrado petróleo cru em estado líquido.

No local, um a ave da espécie Socó, coberta de óleo, foi resgatada e levada para o Instituto de Mamíferos Aquáticos (IMA), em Pituaçu, onde está recebendo cuidados de veterinários e biólogos.

Foto: Guardiões do Litoral/Divulgação

Manchas de óleo na praia? Saiba o que fazer
1) Evite ir à praia, nadar ou praticar esportes aquáticos nas regiões afetadas; 

2) Se encontrar algum animal ferido ou em contato com óleo, ligue para Polícia Ambiental (190) ou Guarda Civil Municipal (3202-5312);

3) Agentes de limpeza da Prefeitura estão de plantão 24h em todas as praias de Salvador. Disque 156 para acionar o serviço;

4) Em caso de reação alérgica ao toque ou ingestão do óleo, procure uma unidade básica de saúde.

* Com informações da repórter Marina Hortélio

***

Em tempos de coronavírus e desinformação, o CORREIO continua produzindo diariamente informação responsável e apurada pela nossa redação que escreve, edita e entrega notícias nas quais você pode confiar. Assim como o de tantos outros profissionais ligados a atividades essenciais, nosso trabalho tem sido maior do que nunca. Colabore para que nossa equipe de jornalistas seja mantida para entregar a você e todos os baianos conteúdo profissional. Assine o jornal.


Relacionadas