Manteiga de karité traz benefícios para o corpo e para a mente

bem-estar
15.04.2019, 06:10:00
Atualizado: 15.04.2019, 09:31:03
Depois de colhida e moída, a noz é transformada em manteiga (Shutterstock/Divulgação)

Manteiga de karité traz benefícios para o corpo e para a mente

Símbolo de beleza na África, item funciona como um filtro solar natural; também é bom pro cabelo, para dores e até para a autoestima

Dona Antônia, 74 anos, avó da socióloga baiana Rose Hapuque, 27, já dizia: manteiga de karité faz bempara a pele, para o cabelo, previne o envelhecimento e muito mais. Seu conhecimento acerca dos benefícios do tradicional ingrediente secular africano – extraído do fruto da árvore de karité - foi passado de geração em geração.

“Quando eu era pequena, ela me ensebava, mas só hoje vejo a importância disso. É bom para os lábios, linhas de  expressão e para os cabelos. É como um botox natural”, afirma Rose, que também é influenciadora digital.

Gerações: a socióloga Rose Hapuque, 27, aprendeu a usar a karité com a avó Dona Antônia, 74
(Foto: Divulgação)

Com fortes propriedades regenerativas e restauradoras, e sua composição recheada de vitamina A, D, E e F, a manteiga é usada há anos por mulheres da África do Ocidente para solucionar problemas de desidratação e descamação e também como protetor solar natural. Por isso, a manteiga já pronta é trazida para o ocidente e compõe diversos cosméticos.

“Não sei exatamente quando descobrimos como transformar o fruto em manteiga, mas é um conhecimento secular. Por causa do calor, temos a pele ressacada e, assim, começamos a usar a manteiga na pele, principalmente nos pés e lábios, que racham. Hidrata, deixa macia e mantém o brilho”, resume a educadora Madame Fati Paul, coordenadora da Associação de Mulheres de Tungteiya, que fica no norte de Gana e é responsável pelaprodução e exportação do artigo para a marca britânica The Body Shop.

Madame Fati: Em Salvador, líder africana falou sobre benefícios da karité
(Foto: Almiro Lopes/CORREIO)

A  enfermeira especialista em estética dermatológica Jamile Nonato acrescenta que o item é uma das gorduras vegetaismais valiosas do mundo e funciona como um filtro solar natural. Por isso, está presente em vários cosméticos pelo mundo. “Protege contra radiações ultravioletas, é uma potentere generadora celular, hidrata e diminui ressecamento da pele. Além disso, tem propriedades antinflamatórias. Pode ser usada, por exemplo, após a depilação”, recomenda.

(Foto: Shutterstock/Divulgação)

Segundo ela, como a manteiga é um produto natural, dificilmente a pele terá uma reação.“A manteiga é formada por ácidos graxos similares a composição da gordura da pele, o que possibilita o uso em todo o corpo”, diz.

Outro foco estético é o cabelo, contribuindo para suavização do couro cabeludo, prevenção de caspas e para definição de penteados.“Pela questão da hidratação mais profunda, ajuda a suavizar rugas, cicatrizes, manchas, dermatites de pele e picadas. Também ajuda quem tem psoríase”, acrescenta Jamile.

(Foto: Shutterstock/Divulgação)

Junto com outros produtos, como raspas de limão e óleo de coco, o produto transforma-se em um poderoso hidratante. “Minha avó sempre usou essas misturas”, conta a socióloga Rose Hapuque. Ela considera que o principal benefício que a karité lhe trouxe foi o ganho na autoestima.

“Foi muito importante para o meu ego no processo de autocuidado e na transição capilar. Considero um item relevante na elevação da autoestima de mulheres negras e se torna ainda mais valioso por sua ancestralidade. Não adianta usar mil produtos de beleza e o nosso interno não estar bem”, ressalta.

Além da estética
Em visita à Salvador para um lançamento da The Body Shop, a líder africana Madame Fati contou que o produto é utilizado ainda na preparação de alimentos, em molhos e cozidos. “É um excelente óleo. Não tem colesterol”, pontua Fati.

(Foto: Divulgação/The Body Shop)

Do ponto de vista da medicina tradicional e terapêutica, a manteiga de karité é aplicada no tratamento de dores musculares, reumatismos, luxações, torções e queimaduras, sendo o acessório principal das massagens corporais. Por conta de propriedades cicatrizantes, acelera a cura do cordão umbilical, ameniza estrias e ajuda no fortalecimento de músculos.

“É nossa medicina local. Nos sentimos muito melhores ao usá-la”, garante.

Quem também sente na pele os benefíciosdesses produtos é a atriz Suzana Pires, 42. “Eu uso eadoro.Mas quando a gente descobre tudo o que  está por trás da produção, as histórias das mulheres africanas, o benefício físico fica em segundo plano”, afirma.

Suzana Pires: atriz esteve no evento da The Body Shop em Salvador
(Foto: The Body Shop/Divulgação)

Para a filósofa Djamila Ribeiro, 38, o óleo é sinônimo de sabedoria ancestral. “Minha avó sempre usou no cabelo e me ensinou. Antes de ir para Gana, não sabia que era bom para culinária, massagem e uso terapêutico. É um ingrediente de ouro que impacta e empodera milhares de mulheres. Trouxe um monte”, conta.

Djamila Ribeiro: filósofa contou sua experiência em Gana, onde viu como é produzido
(Foto: The Body Shop/Divulgação)

Karina Meyer, diretora da The Body Shop: "A linha de Karité - que representa 26% das vendas na Bahia - é uma das mais vendidas no mundo, e quando alguém escolhe nossos produtos, ela busca algo além da compra em si. Muitas pessoas decidem usar seus recursos somente com empresas que promovem impacto social" (Foto: Divulgação)

Karité: mulheres ganham mais autonomia
Além dos benefícios estéticos, a manteiga de karité é responsável pelo crescimento econômico e independência financeira de milhares de mulheres de países como Burkina Faso, Gana, Nigéria e Senegal, na África.

Produzida tradicionalmente por elas, a demanda local e internacional que aumenta significativamente a cada ano tembeneficiado diretamente cooperativas femininas que participam do ciclode produção do óleo vegetal: desde a colheita até a fabricação dos
produtos cosméticos.

Cerca de 49 mil pessoas que se beneficiam do ciclo do karité na Associação de Mulheres de Tungteiya
(Foto: Jéssica Sarkodie/The Body Shop/Divulgação)

“Agora as mulheres sãofortes o suficiente para controlar o próprio dinheiro. Essa é a liberdade que queremos para elas, que não dependem mais dos homens para tudo”, afirma Madam Fati Paul, líder da Associação de Mulheres de Tungteiya, que fica no norte de Gana. Atualmente, a cooperativa tem 600 mulheres que encontraram uma forma de sustento em11 aldeias. Cerca de 49 mil pessoas se beneficiam desse trabalho.

Para a coleta, a árvore precisa alcançar em torno de 15 anos de idade, quando começa a dar frutos. A produção é de 15 a 20 quilos de frutas por árvore a cada estação, o que significa quatro quilos do produto seco e dois da manteiga de karité.

(Foto: Shutterstock/Divulgação)

Os frutos só são colhidos por mulheres depois que caem no chão naturalmente. Em grandes cestos, elas chegam a levar 40 quilos do fruto por dia para as vilas, onde é extraída a manteiga.

(Foto: Jéssica Sarkodie/The Body Shop/Divulgação)

Uma vez lavadas e secas na sombra, é realizado um processo manual de moagem comopilão africano, e em seguida a torragem. O próximo passo é a imersão em água até a formação de uma pasta grossa, que será fervida para eliminar as impurezas e separar a manteiga de outros componentes.

Após torragem, noz é misturada com água até formar uma pasta grossa
(Foto: Jéssica Sarkodie/The Body Shop/Divulgação)

O produto final é a superfície flutuante, que é filtrada e embalada, pronta para um dos seus destinos: cosméticos, medicinais e até mesmo culinários. A manteiga de karité, quando pronta, apresenta o aspecto de uma pasta cremosa esbranquiçada e um odor característico de nozes.

Sete bons produtos com manteiga de karité

Extrato de Karité
R$ 125 (The Body Shop)

Kit Natura Tododia Noz Pecã e Karité
R$ 79,90 (Natura)

Concentrado Ultra Reparação
R$ 30 (Yves Rocher)

Sabonete Karité e Baunilha - 6 unidades
R$ 16,99 (Dove)

Creme corporal Korres Maçã com Karité
R$ 48,90 (Avon)

Manteiga de Karité
R$ 55 (L'Occitane en Provence)

Máscara para Cabelos
R$ 35 (Sephora)

Como usar a manteiga de karité?

  • Corpo: Para hidratar e suavizar a pele, coloque a manteiga na mão, esfregue comos dedos e aplique sobre a pelemassageando o corpo.
  • Rosto: A manteiga é benéfica para a proteção e a hidratação das partes irritadas do rosto. Uma opção é usá-la como um batom natural.
  • Cabelos: Para cabelos secos ou quebradiços, a karité funciona como revitalizante. Evite aplicar na raiz e no couro cabeludo. Enxague com água morna.
  • Dores: A manteiga de karité aplicada nosmúsculos afetados por dores após o banho pode ajudar a aliviar e diminuir a inflamação dos mesmos. 

Relacionadas
Correio.play
https://www.correio24horas.com.br/noticia/nid/gravida-passa-mal-apos-incendio-em-predio-de-brotas-veja-video/
Mulher foi atendida pelo Samu; causa do incêndio é desconhecida
Ler Mais
https://www.correio24horas.com.br/noticia/nid/marinheiro-salvou-filho-durante-incendio-em-lancha-na-baia-de-todos-os-santos/
https://www.correio24horas.com.br/noticia/nid/homem-armado-invade-shopping-de-salvador-e-assusta-clientes/
Ele é suspeito de praticar assaltos em uma passarela perto do estabelecimento
Ler Mais
https://www.correio24horas.com.br/noticia/nid/pai-e-preso-por-afogar-filho-de-2-anos-em-bacia-para-fazer-ex-sofrer/
Ele contou a amigo que foi traído pela mãe da criança e queria se vingar
Ler Mais
https://www.correio24horas.com.br/noticia/nid/black-alien-fala-sobre-novo-disco-estou-sendo-eu-mesmo/
Lançado em abril, Abaixo de Zero: Hello Hell é apresentado no Pelourinho neste sábado (21)
Ler Mais
https://www.correio24horas.com.br/noticia/nid/policia-procura-casal-que-roubou-r-400-mil-de-idosas-na-barra-veja-video/
Irmãs, vítimas têm 89 e 93 anos; homem e mulher entraram disfarçados em prédio
Ler Mais
https://www.correio24horas.com.br/noticia/nid/baiana-de-21-anos-e-a-primeira-brasileira-a-vencer-premio-da-onu-sobre-meio-ambiente/
Anna Luísa criou o Aqualuz, dispositivo que torna água potável através de raios solares
Ler Mais
https://www.correio24horas.com.br/noticia/nid/indicado-pelo-brasil-a-corrida-do-oscar-a-vida-invisivel-ganha-trailer-confira/
Dirigido pelo cineasta Karin Aïnouz, o filme estreia nacionalmente em 31 de outubro  
Ler Mais