'Marília Mendonça achava esse avião muito instável', diz amigo

em alta
05.11.2021, 17:28:32

'Marília Mendonça achava esse avião muito instável', diz amigo

Kig Air no qual a cantora estava dentro caiu nesta sexta

A cantora Marília Mendonça tinha ressalvas ao avião King Air C90A, achando-o instável, revelou um amigo da cantora ao colunista Leo Dias. Foi justamente este modelo que caiu, com a sertaneja dentro, na tarde desta sexta-feira (5).

Marília também teve a morte confirmada. O corpo de Marília, de 26 anos, foi o segundo a ser retirado da aeronave.

“Marília não anda em King Air, por ser instável. Não conseguiu um jato e foi nesse mesmo”, disse o amigo, que não se identificou.

A cantora era dona de um jatinho, mas o vendeu durante a pandemia. Ela alugou um avião para uma temporada de shows em Minas Gerais. O C90A era o único disponível.

O avião no qual Marília viajava, de prefixo PT-ONJ, pertence à PEC Táxi Aéreo, sediada em Goiânia. Trata-se de um King Air C90A, com capacidade para seis passageiros. A aeronave, que é turboélice, foi fabricada em 1984 e tinha autorização para operar em regime de fretamento, segundo a Agência Nacional de Aviação Civil (Anac).

A aeronave caiu na tarde de hoje , nos arredores da cachoeira da Piedade, próximo ao Aeroporto de Ubaporanga, em Minas Gerais.

***

Em tempos de coronavírus e desinformação, o CORREIO continua produzindo diariamente informação responsável e apurada pela nossa redação que escreve, edita e entrega notícias nas quais você pode confiar. Assim como o de tantos outros profissionais ligados a atividades essenciais, nosso trabalho tem sido maior do que nunca. Colabore para que nossa equipe de jornalistas seja mantida para entregar a você e todos os baianos conteúdo profissional. Assine o jornal.


Relacionadas