MC Gui diz que agiu como um ‘moleque’ no caso do vídeo polêmico

em alta
09.11.2019, 17:06:00
Atualizado: 09.11.2019, 17:06:35
Cantor tentou se explicar, mas seguidores não perdoaram (Foto: Reprodução/Instagram)

MC Gui diz que agiu como um ‘moleque’ no caso do vídeo polêmico

Em outubro, o cantor publicou um vídeo em que fazia bullying com uma criança

Em momentos como o que vivemos, o jornalismo sério ganha ainda mais relevância. Precisamos um do outro para atravessar essa tempestade. Se puder, apoie nosso trabalho e assine o Jornal Correio por apenas R$ 5,94/mês.

O vídeo em que o funkeiro MC Gui aparece zombando da aparência de uma criança ainda está dando o que falar. Ele conversou com o jornalista Léo Dias, do Portal UOL, sobre o assunto e disse que se comportou como um “moleque”. A entrevista será divulgada na segunda-feira (11).

A história começou no dia 21 de outubro. O nome do funkeiro chegou ao topo dos assuntos mais comentados no Twitter no Brasil, naquele dia, após a publicação do vídeo. Na gravação, postada pelo próprio cantor nas redes sociais, ele aparece "zoando" o visual de uma garota na Disney (EUA). Os internautas o acusaram de praticar bullying com a criança.

"Chegamos na Disney e, mano, olha isso. Gente do céu!", declara Gui, entre risadas enquanto filma a menina. Visivelmente incomodada e sem entender o motivo da "piada", a menina vira o rosto.

Nas redes sociais, a atitude do cantor foi reprovada e classificada como de mau gosto. Ele tentou se explicar e disse no perfil na web que tudo não se passou de uma brincadeira, mas os seguidores não perdoaram. A repercussão foi tamanha que o cantor teve um show cancelado por conta da polêmica.

Ele apagou o vídeo das redes sociais e fez diversas postagens se desculpando, afirmando que não fez bullying com a menina e que foi mal interpretado. A mãe dele também comentou o caso. “Em nome da família e do meu filho, MC Gui, peço desculpas por tudo”, escreveu ela no Instagram.

Em outra publicação, alguns dias depois, MC Gui disse que estava sofrendo ataques e até ameaças de morte e afirmou que iria se recolher por um período.

***

Em tempos de coronavírus e desinformação, o CORREIO continua produzindo diariamente informação responsável e apurada pela nossa redação que escreve, edita e entrega notícias nas quais você pode confiar. Assim como o de tantos outros profissionais ligados a atividades essenciais, nosso trabalho tem sido maior do que nunca. Colabore para que nossa equipe de jornalistas seja mantida para entregar a você e todos os baianos conteúdo profissional. Assine o jornal.


Relacionadas