Menina compartilha fotos da mãe nua enquanto brincava no celular

em alta
16.10.2020, 17:48:48
Atualizado: 16.10.2020, 18:34:22

Menina compartilha fotos da mãe nua enquanto brincava no celular

A própria garotinha tirou fotos e enviou registros para vários contatos: 'fiquei mortificada'

Em momentos como o que vivemos, o jornalismo sério ganha ainda mais relevância. Precisamos um do outro para atravessar essa tempestade. Se puder, apoie nosso trabalho e assine o Jornal Correio por apenas R$ 5,94/mês.

Menina de 2 anos compartilha nudes da mãe enquanto brincava no celular

Foto: Reprodução

A norte-americana Emily Schmitt, 30 anos, achou que seria seguro e tranquilo deixar a filhinha Carsyn, de 2 anos, brincando com o celular enquanto ela se arrumava e secava o cabelo. Falhou feio, rude.

A mãe achava que ela iria ficar tranquila vendo vídeos e jogando. Mas a criança resolveu dar uma variada e entrou no Snapchat da mãe. 

Foi além: tirou fotos da mãe, que estava nua e se arrumando, e começou a enviar para os contatos. 

A mãe só se deu conta da confusão quando recebeu uma mensagem de texto de um colega de trabalho que dizia “obrigada pelo nude”. Depois disso, Emily percebeu que ele não tinha sido o único a receber as fotografias.

“Fiquei mortificada. Eu literalmente acho que morri por um minuto e depois voltei à vida para poder contar às pessoas o que aconteceu”, disse. Ao todo, foram 15 contatos contemplados com os as fotos de Emily, entre eles ex-amigos da universidade, incluindo um ex-crush, e ex-clientes.

Por sorte, Carsyn não é tão boa fotógrafa assim e alguns contatos receberam apenas fotos dos seus pés ou do teto. Outros, no entanto, puderam ver Emily de costas totalmente nua.

“Felizmente foi o Snapchat, então temos que encontrar os pontos positivos. Ele não foi salvo e ninguém tirou uma foto ou fez uma captura de tela”, disse a mãe.

Emily não perdeu tempo e tratou de esclarecer o ocorrido para os contatos da rede social, mas o pedido de desculpas não conseguiu evitar que ela virasse motivo de piada no trabalho.

“Meus pais são donos da corretora de imóveis para a qual trabalho. Para piorar ainda mais as coisas, eu entrei no dia seguinte e meu pai, que é o corretor, disse ‘olha, aí vem a estrela pornô da empresa’”, conta.

***

Em tempos de coronavírus e desinformação, o CORREIO continua produzindo diariamente informação responsável e apurada pela nossa redação que escreve, edita e entrega notícias nas quais você pode confiar. Assim como o de tantos outros profissionais ligados a atividades essenciais, nosso trabalho tem sido maior do que nunca. Colabore para que nossa equipe de jornalistas seja mantida para entregar a você e todos os baianos conteúdo profissional. Assine o jornal.


Relacionadas