Mineração na Bahia, na visão deles

estúdio correio
27.12.2021, 06:00:00

Mineração na Bahia, na visão deles

1. Antonio Tramm (presidente da CBPM)
“A presença da mineração não é apenas na Cfem, é na vida do município. Ela é o grande empregador desses municípios, sendo que normalmente paga três vezes mais que outros setores.”

2. Lídice da Mata (deputada federal)
“Nos últimos dois anos, a Companhia Baiana de Pesquisa Mineral fez um grande trabalho de convergência de ações entre o governo estadual e as empresas privadas, graças ao trabalho eficiente do seu presidente Antonio Carlos Tramm.”  

3. Paulo Misk (presidente do Sindimiba)
“Temos no Sindimiba um grupo de trabalho exclusivo sobre sustentabilidade, onde todas as associadas participam. É uma grande central de troca de ideias de boas práticas, discussões sobre o cenário atual e as perspectivas para o futuro.”

4. Presidente Fieb (Ricardo Alban)
“Acredito que a Bahia será, em um futuro muito breve, o segundo maior polo de mineração do Brasil. Como Federação das Indústrias, queremos dar todo o suporte necessário a este setor”.

5. Manoel Valério (Mineração Caraíba)
“A mineração precisa das ferrovias. Elas têm custos reduzidos, que não só viabilizam os projetos, mas também diversas atividades econômicas ao longo de seu trajeto, trazendo desenvolvimentos sociais e econômicos extraordinários”.

6. Ibram (presidente Flávio Penido)
“A Bahia tem uma diversidade geológica fantástica. E os grandes investimentos em pesquisa sinalizam que a Bahia vai despontar cada vez mais como um grande produtor de commodities e produtos minerais”.

7. ANM (presidente da ANM, Victor Bicca)
“Vamos, juntos, continuar com os avanços tão necessários à retomada do crescimento econômico e ao fortalecimento do Setor Mineral Brasileiro”.

8. Secretário SDE (Nelson Leal)
“Atualmente temos o ferro, o ouro e o níquel como os principais bens minerais produzidos na Bahia que, juntamente a outros minérios, completam uma grande variedade que nos anima em um crescimento contínuo e sustentável do setor”. 

9. Secretário Nacional da ANTT (Marcello Costa)
“Aceitaremos [da VLI] a parte dos trilhos que eles não usam na Bahia de volta, desde que indenizem o Estado pelo tempo que não utilizaram”.

10. Vice-presidente de Operações Brasil & Argentina da Yamana Gold (Sandro Magalhães)
“Os diversos programas de apoio às comunidades e voltados para as questões ambientais terão continuidade, sempre buscando engajamento juntamente aos principais stakeholders”.


https://correio-cdn2.cworks.cloud/fileadmin/user_upload/correio24horas/2018/01/09/MARCA.png
O Estúdio Correio produz conteúdo sob medida para marcas, em diferentes plataformas.

***

Em tempos de desinformação, o CORREIO continua produzindo diariamente informações nas quais você pode confiar. E para isso precisamos de uma equipe de colaboradores e jornalistas apurando os fatos e se dedicando a entregar conteúdo de qualidade e feito na Bahia. Já pensou que você além de se manter informado com conteúdo confiável, ainda pode apoiar o que é produzido pelo jornalismo profissional baiano? E melhor, custa muito pouco. Assine o jornal.


Relacionadas