Mini Cooper: 15% das vendas globais já são de eletrificados

autos & etc
31.07.2021, 16:00:00
Atualizado: 31.07.2021, 19:32:27

Mini Cooper: 15% das vendas globais já são de eletrificados

No Brasil a empresa lançou seu primeiro carro 100% elétrico

A Mini anunciou que os veículos eletrificados desempenharam um papel fundamental para seus resultados. De acordo com o fabricante britânico, suas vendas globais desse tipo de veículo totalizaram 23.777 unidades entre janeiro e junho.

Esse volume representa 15% das 157.799 unidades comercializadas globalmente pela empresa no período. O modelo de maior sucesso da Mini entre os eletrificados é o Cooper S E. No primeiro semestre, o hatchback alcançou 13.454 unidades. O outro é um SUV, o híbrido plug-in MINI S E Countryman ALL4.

A empresa britânica avança na eletrificação dos seus veículos

No Brasil, o Mini Cooper S E desembarcou na última semana em três versões de acabamento, que custam entre R$ 239.990 (Exclusive) e R$ 269.990 (Top Collection). O motor elétrico entrega 184 cv de potência e 27,5 kgfm de torque. A autonomia é de até 234 km e o custo estimado para recarga total é de R$ 30.

Já o Countryman é movido por dois motores, um elétrico e outro a combustão, que geram uma potência combinada de 224 cv e 39,2 kgfm. É possível rodar até 57 km no modo totalmente elétrico e o SUV com tração integral é oferecido em duas opções: Exclusive (R$ 259.990) e Top (R$ 289.990).

ELETRIFICADOS NO BRASIL
Entre janeiro e junho foram emplacados 13.899 veículos eletrificados no país, o que corresponde a 1,4% do mercado.

58,02% (8.065 unidades) foram de híbridos, 36,70% (5.102) de híbridos plug-in e 5,26% (732) de modelos totalmente elétricos.

No primeiro semestre, quase 14 mil novos veículos eletrificados foram emplacados no Brasil

NÃO DIGITE AO VOLANTE
Digitar uma mensagem de texto enquanto conduz um veículo à 80 km/h equivale a dirigir com os olhos vendados por um percurso de até 100 metros.

Esta é uma das conclusões da diretriz "Riscos do uso do telefone celular na condução de veículos automotores", lançado neste mês pela Associação Brasileira de Medicina do Tráfego (Abramet).

O documento, inédito no Brasil, traz um panorama atualizado sobre a chamada Falha de Atenção ao Conduzir, qualificação técnica para o desvio da atenção do motorista que, entre outros fatores, inclui o uso do telefone.

Atualmente, o Brasil acumula uma frota superior a 100 milhões de veículos e mais de 238,5 milhões de linhas de telefone celular ativas. 

FROTA ESTADUAL
A Bahia fechou o primeiro semestre com uma frota de 4.749.191 veículos circulantes. Esse total inclui automóveis, comerciais leves, caminhões, ônibus e motocicletas.

Salvador lidera entre as cidades, com 1.043.360 de unidades licenciadas, o que representa uma média de um veículo para cada três habitantes. A Capital é seguida por Feira de Santana (319.232) e Vitória da Conquista (163.445).

O menor número é registrado em Catolândia, no oeste do estado. Na segunda menor cidade em população da Bahia, com 3.599 habitantes, são apenas 554 modelos registrados, em sua maioria motos (209).

NIVUS, A VERSÃO EUROPEIA
Nem sempre o mercado europeu recebe os carros antes. O Volkswagen Nivus, que estreou a mais de um ano no Brasil, só chegou agora por lá. Mas algumas coisas são diferentes, a começar pelo nome: Taigo.

As medidas são idênticas às do Nivus, mas a motorização é outra. Enquanto no mercado nacional o SUV com estilo coupé utiliza apenas o motor 1 litro turbo (116 cv), lá terá três opções, incluindo o 1.5 litro turbo (150 cv).

Lançado inicialmente no mercado brasileiro, o Nivus chega à Europa rebatizado de Taigo

Há também opções de transmissão, com destaque para a automática de sete velocidades com dupla embreagem.

Por fora, a maior diferença Taigo está na dianteira, que tem um novo para-choque e uma grade inédita, com filetes de LED que acompanham a assinatura diurna dos faróis.

SEIS DÉCADAS NO BRASIL
Com duas fábricas em operação no país, em Osasco (SP) e a de Resende (RJ), a Meritor completou 60 anos de operação no país.

A empresa tem 50% de participação do mercado de eixos para pesados, e acumula nessas seis décadas a produção de 8 milhões de unidades no Brasil, dos quais 3,5 milhões foram destinados ao segmento de comerciais pesados, que inclui caminhões e ônibus.

DATA MARCADA
Apresentado na Europa em março, a nova geração do Classe C chegará ao mercado brasileiro em outubro. Completamente renovado, o sedã mais vendido da história da Mercedes-Benz ficará mais competitivo na disputa com Audi A4, BMW Série 3 e Volvo S60.

A nova geração do Mercedes-Benz Classe C vai estrear em outubro no país

ANTIGOMOBILISMO NO SHOPPING
Deste sábado até o dia 8 de agosto, o Salvador Norte está exibindo na Praça de Eventos (piso L1) modelos clássicos.

Os automóveis e informações sobre cada modelo fazem parte de uma mostra gratuita, parte das ações do shopping para o Dia dos Pais. 

***

Em tempos de coronavírus e desinformação, o CORREIO continua produzindo diariamente informação responsável e apurada pela nossa redação que escreve, edita e entrega notícias nas quais você pode confiar. Assim como o de tantos outros profissionais ligados a atividades essenciais, nosso trabalho tem sido maior do que nunca. Colabore para que nossa equipe de jornalistas seja mantida para entregar a você e todos os baianos conteúdo profissional. Assine o jornal.


Relacionadas