Ministério da Saúde atrasa entrega de seringas da Pfizer na Bahia

bahia
12.08.2021, 13:57:00
(Divulgação)

Ministério da Saúde atrasa entrega de seringas da Pfizer na Bahia

Falta do material impede que novas doses sejam aplicadas na população

O Ministério da Saúde atrasou a entrega da carga com 126 mil seringas especiais que são utilizadas para a aplicação da vacina da Pfizer. Isso faz com que, temporariamente, os imunizantes não possam ser ofertados à população.

O problema já tinha sido informado pela secretária interina da Saúde Tereza Paim, que afirmou que, dessa vez, a Pfizer não enviou as seringas junto com o imunizante. "Esses insumos não vieram, portanto a gente vai esperar uma nova remessa", disse ela em entrevista à TV Bahia. 

A expectativa da Secretaria de Saúde do Estado (Sesab), é que a entrega desse material seja feita ainda nesta quinta-feira (12), mas ainda não há nenhuma confirmação de horário de desembarque em Salvador.

Só após isso ocorrer é que será possível distribuir a remessa de 76.050 doses da Pfizer, que chegaram a Salvador nesta quarta-feira (11), entre os municípios baianos.

A Sesab garante que, "apesar do atraso na entrega de insumos especiais por parte do Ministério da Saúde, isso não impacta na suspensão ou redução da capacidade de vacinação dos municípios". A pasta axcrescenta ainda que "todos encontram-se abastecidos com imunobiológicos diversos em virtude da entrega de lotes anteriores".

***

Em tempos de coronavírus e desinformação, o CORREIO continua produzindo diariamente informação responsável e apurada pela nossa redação que escreve, edita e entrega notícias nas quais você pode confiar. Assim como o de tantos outros profissionais ligados a atividades essenciais, nosso trabalho tem sido maior do que nunca. Colabore para que nossa equipe de jornalistas seja mantida para entregar a você e todos os baianos conteúdo profissional. Assine o jornal.


Relacionadas