Ministério da Saúde atrasa entrega de vacinas da Pfizer

coronavírus
03.05.2021, 09:54:39
Atualizado: 03.05.2021, 10:55:03

Ministério da Saúde atrasa entrega de vacinas da Pfizer

Voo estava previsto para chegar na manhã desta segunda-feira (3)

Em momentos como o que vivemos, o jornalismo sério ganha ainda mais relevância. Precisamos um do outro para atravessar essa tempestade. Se puder, apoie nosso trabalho e assine o Jornal Correio por apenas R$ 5,94/mês.

O lote com as vacinas da Pfizer que estava previstas para desembarcar na manhã desta segunda-feira (3) em Salvador não emnbarcaram de Guarulhos. Segundo informações da Secretaria estadual da Saúde (Sesab), não há detalhes sobre os motivos que impediram o embarque da carga.

O avião saiu do aeroporto de Guarulhos, em São Paulo, às 7h45, com destino ao aeroporto internacional de Salvador. A nova previsão da empresa de logística do Ministério da Saúde é que as vacinas cheguem às 16h20.

Estava prevista a chegada 26.910 doses, às 9h45. No entanto, a entrega das 405 mil doses da vacina de Oxford/Astrazeneca, produzida pela Fiocruz, está mantida.

Ultracongeladores
Todas as doses da Pfizer vão ficar em Salvador, por uma recomendação do Ministério da Saúde. Ao todo, são 1.000.350 doses a serem distribuídas a partir do mês de maio para as 27 unidades federadas.

Apesar disso, o estado da Bahia já está preparada para receber as doses da vacina, com 30 ultracongeladores em nove cidades polo. Os equipamentos estão localizados nos municípios de Feira de Santana (5), Juazeiro (3), Jacobina (2), Ilhéus (4), Teixeira de Freitas (2), Barreiras (3), Alagoinhas (1), Vitória da Conquista (5) e na Central Estadual de Armazenamento e Distribuição de Imunobiológicos (5), em Simões Filho, mas que atende toda a Região Metropolitana de Salvador.

De acordo com o secretário da Saúde do Estado da Bahia, Fábio Vilas-Boas, “isso é fruto de planejamento. Licitamos 100 ultracongeladores para armazenar as vacinas de RNA e, inicialmente, foram distribuídos 30 para as nove macrorregiões de saúde, cada um com capacidade de 368 litros”, afirma Vilas-Boas.

***

Em tempos de coronavírus e desinformação, o CORREIO continua produzindo diariamente informação responsável e apurada pela nossa redação que escreve, edita e entrega notícias nas quais você pode confiar. Assim como o de tantos outros profissionais ligados a atividades essenciais, nosso trabalho tem sido maior do que nunca. Colabore para que nossa equipe de jornalistas seja mantida para entregar a você e todos os baianos conteúdo profissional. Assine o jornal.


Relacionadas
  • Assinaturas: 71 3480-9140
  • Anuncie: 71 3203-1812
  • Ache Aqui Classificados: 71 3480-9130
  • Redação: 71 3203-1048