Monique Medeiros, mãe de Henry, pega covid-19 e vai para hospital penitenciário

brasil
20.04.2021, 07:55:31
(Foto: Reprodução)

Monique Medeiros, mãe de Henry, pega covid-19 e vai para hospital penitenciário

Professora ficará isolada das outras detentas

Monique Medeiros, mãe do menino Henry Borel, de 4 anos, testou positivo para covid-19 nesta segunda-feira (19), informa a TV Globo. Ela, que está presa por envolvimento na morte do filho, foi levada para o Hospital Penitenciário Hamilton Agostinho. 

A professora se queixou de sintomas de covid-19 e foi realizado um exame nela para detectar a doença, que deu positivo. Monique ficará em isolamento no hospital. Não foram divulgados detalhes sobre o estado de saúde dela.

Caso Henry
O menino Henry Borel, 4 anos, deu entrada já sem vida em um hospital do Rio na madrugada do dia 8 de março, com vários ferimentos contundentes no corpo. O padrasto, o vereador Dr. Jairinho (Solidariedade), e a mãe, Monique, disseram que tinham achado a criança caída ao lado da cama, já desacordado.

A polícia já ouviu 18 testemunhas na investigação, incluindo a mãe, padrasto, o pai, o engenheiro Leniel Borel de Almeida, e a avó de Henry, Rosângela Medeiros da Costa e Silva. Três médicas do hospital para onde o menino foi levado, vizinhos, a babá, a professora, a psicóloga e duas ex-namoradas de Jairinho também prestaram depoimento, entre outros.

Jairinho e Monique foram presos preventivamente por conta do caso. O delegado responsável diz ter certeza que o vereador matou o menino e a mãe foi conivente. 

***

Em tempos de coronavírus e desinformação, o CORREIO continua produzindo diariamente informação responsável e apurada pela nossa redação que escreve, edita e entrega notícias nas quais você pode confiar. Assim como o de tantos outros profissionais ligados a atividades essenciais, nosso trabalho tem sido maior do que nunca. Colabore para que nossa equipe de jornalistas seja mantida para entregar a você e todos os baianos conteúdo profissional. Assine o jornal.


Relacionadas