Morre sétima vítima de acidente com micro-ônibus; duas vítimas seguem internadas

bahia
14.07.2019, 16:11:00
Atualizado: 14.07.2019, 17:59:17
Cinco vítimas morreram na horas (Foto: Reprodução)

Morre sétima vítima de acidente com micro-ônibus; duas vítimas seguem internadas

Ao todo, acidente deixou 9 feridos e sete mortos

A aposentada Edirge Almeida Coelho, 62 anos, estava internada no Hospital Geral Clériston Andrade (HGCA), em Feira de Santana, desde a noite da última segunda-feira (8) - quando que foi vítima de um grave acidente envolvendo um micro-ônibus e um caminhão, no km 364 da BR-324, entre os municípios de Riachão do Jacuípe e Tanquinho, no interior da Bahia. 

A idosa, que morava Capela do Alto Alegre, também na região nordeste do estado, morreu manhã desde domingo (14), contabilizando sete mortes e nove feridos, entre elas, uma criança de 9 anos - destes, dois seguem internados. Sexta vítima, Rginaldo Gomes de Souza, 53, morreu um dia após receber alta do Hospital Municipal de Riachão do Jacuípe. A causa da morte não foi esclarecida.

A morte de Edirge foi informada por meio de uma publicação do perfil oficial da prefeitura da cidade. Com a hashtag #forçacapela, a nota lamenta a morte da idosa e afirma que a vítima deu entrada no HGCA com um "trauma". De acordo com a prefeitura, a aposentada teve uma piora de quadro na quarta-feira (10), até evoluir para a "falência múltipla dos órgãos", esta manhã. 

"Dona Dervirgem, como carinhosamente era conhecida deixou filhos, esposo, noras, genros, netos e grandes amigos que cultivou por aqui. Uma mulher de coração gigante, humana e por quem todos tinham grande carinho", diz a publicação, que, no final desta tarde, já tinha quase 100 compartilhamentos.

O corpo da idosa, ainda de acordo com informações da prefeitura, será velado na residência da família, no Povoado de Loja Moto, em Capela do Alto Alegre. Não há informações sobre o dia e o horário.

Outras vítimas
Segundo a prefeitura da cidade, outras duas pessoas seguem internadas: Maria Petronilha, 58 anos, no HGCA, e Laudecy de Santana Gomes, 48, no Hospital São Lucas (HSL). As duas, segundo informou a secretaria de Saúde do município, em estado considerado estável.

Os demais sobreviventes, nove pessoas, incluindo a criança, já receberam alta. São eles: José Lino Bispo Souza, José Joaquim Cavalcanti Filho, Anadael Almeida Coelho, Jerilza de Souza Almeida, Nívia Maria de Souza Santana, Laudecir de Santana Gomes, Joanice de Oliveira Ramos Rios e Tarsila Rios.

Os mortos, segundo a prefeitura, são Jânio do Prado Maciel, 56 anos, motorista do microônibus; Carla Rios, 45, enfermeira; Eulália Rodrigues Peixoto, 66, aposentada; José Mário dos Santos, 55, agricultor e Benício Guedes de Oliveira, 76, aposentado.

***

Em tempos de coronavírus e desinformação, o CORREIO continua produzindo diariamente informação responsável e apurada pela nossa redação que escreve, edita e entrega notícias nas quais você pode confiar. Assim como o de tantos outros profissionais ligados a atividades essenciais, nosso trabalho tem sido maior do que nunca. Colabore para que nossa equipe de jornalistas seja mantida para entregar a você e todos os baianos conteúdo profissional. Assine o jornal.


Relacionadas