Motorista suspeito de matar jovem em Itinga presta depoimento e é liberado

bahia
06.07.2022, 07:25:00
(Reprodução)

Motorista suspeito de matar jovem em Itinga presta depoimento e é liberado

Ele foi indiciado pelo crime de homicídio qualificado

O suspeito de matar Wesley Nogueira dos Santos, de 18 anos, após descer de um transporte alternativo, em Lauro de Freitas, se apresentou à polícia nessa terça-feira (5). Segundo a Polícia Civil, ele foi até a 27ª Delegacia Territorial (DT/Itinga) com um advogado.

Ainda de acordo com a polícia, ele foi ouvido pelo delegado e indiciado pelo crime de homicídio qualificado. Mas por não caber mais flagrante, responderá em liberdade.

Relembre o crime
Testemunhas contaram à família que o assassino era o motorista do veículo, que teria se irritado com a força com que o passageiro bateu a porta ao descer.

Wesley desceu no Largo do Caranguejo para pegar outro transporte até Itapuã, onde morava com a esposa e uma filha de 3 anos. "Quando saiu, supostamente o cidadão não gostou da forma que ele bateu a porta, esbravejando com ele que ele havia batido com muita força. Não vejo motivo algum para ele pegar uma faca e correr atrás de meu filho, desferir golpes, tirando a vida de meu filho. Não consigo aceitar esse motivo. Nossa família está destruída", afirmou o pai.

Uma equipe da 81ª Companhia Independente de Polícia Militar (CIPM) foi chamada após a denúncia de que havia um homem ferido na Avenida São Cristóvão, e já encontrou Wesley no chão. Os PMs levaram a vítima até o Hospital Menandro de Farias, mas ele não resistiu. "Ironicamente, o hospital onde ele nasceu", comentou Marcos. O corpo de Wesley foi sepultado no bairro de Portão.

***

Em tempos de desinformação, o CORREIO continua produzindo diariamente informações nas quais você pode confiar. E para isso precisamos de uma equipe de colaboradores e jornalistas apurando os fatos e se dedicando a entregar conteúdo de qualidade e feito na Bahia. Já pensou que você além de se manter informado com conteúdo confiável, ainda pode apoiar o que é produzido pelo jornalismo profissional baiano? E melhor, custa muito pouco. Assine o jornal.


Relacionadas