MP-BA lança vídeo contra racismo para o Dia da Consciência Negra

salvador
21.11.2019, 05:00:00

MP-BA lança vídeo contra racismo para o Dia da Consciência Negra

Na obra audiovisual, servidores públicos contam casos de racismo dos quais foram vítimas

Em momentos como o que vivemos, o jornalismo sério ganha ainda mais relevância. Precisamos um do outro para atravessar essa tempestade. Se puder, apoie nosso trabalho e assine o Jornal Correio por apenas R$ 5,94/mês.

Em uma ação de conscientização sobre o crime do racismo, o Ministério Público do Estado da Bahia (MP-BA) lançou o vídeo “Racismo não se combate com silêncio” com relatos de servidores públicos que foram vítimas do preconceito racial. A peça foi ao ar nesta quarta-feira (20), data do Dia da Consciência Negra.

Um dos relatos é do servidor público, Eliezer Santos, que foi espancado na delegacia após ser acusado falsamente de furto. Ele relembra que o dono de uma empresa de locação de veículos em que ele trabalhava forjou uma situação de roubo e o incriminou.

Com a frase “Até quando a cor da pele vai dividir as pessoas?”, o vídeo se encerra incentivando a denúncia de casos de racismo. O órgão possui um aplicativo, o Mapa do Racismo, para receber as ocorrências do crime na Bahia.

Segundo o último relatório do Mapa do Racismo, publicado em 14 de novembro de 2019, foram feitas 181 denúncias do crime na Bahia no aplicativo do Ministério Público do Estado da Bahia, neste ano. Destas, foram distribuídas para os promotores de justiça 128 ocorrências denunciadas. Por ser contabilizado a partir dos casos denunciados, o número não reflete, necessariamente, a quantidade real de ocorrências de racismo na Bahia.

Neste dia 20 de novembro, ocorreram atos em homenagem à Zumbi dos Palmares e pela celebração do Dia da Consciência Negra, em Salvador. A tradicional Lavagem da estátua de Zumbi dos Palmares ocorreu na manhã desta quarta-feira (20), na Praça da Sé. Mais tarde, por volta das 16h, se deu início à Marcha da Consciência Negra Zumbi - Dandara dos Palmares.

*Com orientação do chefe de reportagem Jorge Gauthier.

***

Em tempos de coronavírus e desinformação, o CORREIO continua produzindo diariamente informação responsável e apurada pela nossa redação que escreve, edita e entrega notícias nas quais você pode confiar. Assim como o de tantos outros profissionais ligados a atividades essenciais, nosso trabalho tem sido maior do que nunca. Colabore para que nossa equipe de jornalistas seja mantida para entregar a você e todos os baianos conteúdo profissional. Assine o jornal.


Relacionadas