Mudança do Bahia para a Cidade Tricolor fica para 2020

bate-pronto
02.09.2019, 05:00:00

Mudança do Bahia para a Cidade Tricolor fica para 2020

Por Editoria de Esporte

Em momentos como o que vivemos, o jornalismo sério ganha ainda mais relevância. Precisamos um do outro para atravessar essa tempestade. Se puder, apoie nosso trabalho e assine o Jornal Correio por apenas R$ 5,94/mês.

Prometida inicialmente para julho, a conclusão das obras da Cidade Tricolor, o novo Centro de Treinamento (CT) do Bahia, ficou para o fim do ano. Como a reforma é tocada com recurso próprio - e o fluxo de caixa é apertado -, o ritmo desacelerou depois que a diretoria decidiu não fazer a mudança do time feminino e da divisão de base em 2019. Atualmente, a obra se encontra na etapa de paisagismo e arborização. Depois, virá a etapa de mobiliário, incluindo academia. O clube pretende apresentar o CT à torcida após concluir a primeira etapa. Certo mesmo, segundo o presidente Guilherme Bellintani revelou na semana passada, é que o clube fará a pré-temporada de 2020 no CT  localizado em Camaçari (com acesso por Dias D’Ávila), na região metropolitana de Salvador.

Bahia terá uniforme exclusivo para sócios

O Bahia terá uma camisa exclusiva para os sócios-torcedores a partir de 2020. Ela será uma forma de recompensa que será usada para incentivar a associação ao clube. Além da novidade, os outros três uniformes, usados em jogo, foram eleitos pela torcida em votação na internet e serão revelados em dezembro. Até sábado, o Bahia tinha 41.800 sócios, marca recorde na história do tricolor.

Vitória reabre prazo para emendas no estatuto

Recomeça nesta segunda-feira (2) e vai até dia 16 o prazo para sócios do Vitória apresentarem emendas ao estatuto do clube. A reabertura do prazo se deve ao adiamento da Assembleia Geral Extraórdinária (AGE), marcada inicialmente para ontem e cuja nova data agora é 9 de novembro. A suspensão da assembleia que seria ontem gerou insatisfação na última reunião do Conselho Deliberativo, dia 26 de agosto.

O motivo da discórdia

O motivo da discórdia foi o argumento usado pelo presidente do Conselho Deliberativo, Fábio Mota, para justificar a suspensão da AGE: a falta de quórum na reunião do Conselho. Como a pauta era submeter as propostas de adequação do estatuto ao referido Conselho, prevaleceu o entendimento de que, sem quórum na reunião, não poderia haver a assembleia. Membros da oposição, como a Frente Vitória Popular,  discordaram.

Oposição cobra lista de sócios

A Frente Vitória Popular publicou manifesto no qual desestimulou a realização da AGE. A posição é oposta à defendida inicialmente, mas tem fundamento: o grupo cobra da diretoria a publicação da lista de sócios aptos (em dia há 18 meses). Alega que, sem isso, a AGE poderia ser revertida judicialmente.

Recife sediará Confut Nordeste

A capital pernambucana vai sediar a primeira edição da Conferência de Futebol do Nordeste (Confut), nos dias 7 e 8 de novembro. O evento terá palestras e rodadas de debates com profissionais da área. Entre os dirigentes já confirmados, estão os presidentes de Ceará, Fortaleza, Náutico, Sport e Paysandu, além do diretor executivo do Bahia, Pedro Henriques, o agora agente de atletas Marcelo Sant’Ana e outros. A programação ainda não está fechada.

***

Em tempos de coronavírus e desinformação, o CORREIO continua produzindo diariamente informação responsável e apurada pela nossa redação que escreve, edita e entrega notícias nas quais você pode confiar. Assim como o de tantos outros profissionais ligados a atividades essenciais, nosso trabalho tem sido maior do que nunca. Colabore para que nossa equipe de jornalistas seja mantida para entregar a você e todos os baianos conteúdo profissional. Assine o jornal.


Relacionadas