Namorada termina relação com Mamãe Falei após fala sexista sobre ucranianas

em alta
05.03.2022, 10:07:00
(Reprodução)

Namorada termina relação com Mamãe Falei após fala sexista sobre ucranianas

"Obrigada por tudo que vivemos", escreveu Giulia ainda ontem à noite

A namorada do deputado estadual Arthur do Val (Podemos-SP), o Mamãe Falei, terminou o relacionamento com o parlamentar pelas redes sociais depois da divulgação de um áudio em que ele diz que as mulheres ucranianas são "fáceis, porque são pobres". As mensagens circularam na noite da sexta e neste sábado pela manhã ele afirmou que errou motivado por um "momento de emoção".

Giulia Blagitz publicou um stories no Instagram afirmando que o namoro havia acabado. A publicação foi feita por volta das 19h15, quando Mamãe Falei ainda estava no voo retornando da Ucrânia para o Brasil. 

"Em respeito a todos os meus seguidores que também seguiam o Arhur gostaria de deixar claro que seguiremos caminhos distintos. Infelizmente a vida é imprevisível e muitas vezes nos leva por caminhos que não compreendemos. Mas de uma coisa podemos ter certeza: o amor foi real e sempre será", escreveu, usando de fundo uma foto dos dois se beijando. "Obrigada por tudo que vivemos".

"Foi errado o que falei"
O parlamentar desembarcou nesta manhã em Guarulhos (SP) após viagem à Ucrânia. O áudio foi divulgado onte, depois de ser enviado para integrantes do Movimento Brasil Livre (MBL). Entre outras coisas, Mamãe Falei diz que as mulheres ucranianas são "fáceis, porque são pobres".

"Foi errado o que eu falei, não é isso que eu penso. O que eu falei foi um erro, em um momento de empolgação", afirmou o deputado, segundo o G1.

O parlamentar faz parte do MBL e é pré-candidato ao governo de São Paulo. Ele disse que sua fala aconteceu em um contexto "informal" e "jocoso". "Pelo amor de Deus, gente, a impressão que está passando aqui é que eu cheguei la e falei: 'quem quer vim comigo aqui que eu quero comprar alguma coisa'. Não é isso e eu nem poderia fazer. Inclusive nos áudios eu falo ali, ainda que de modo jocoso, de modo informal. Eu não tive tempo pra fazer absolutamente nada, eu não tive tempo para tomar banho", acrescentou.

Por fim, classificou a mensagem de "infeliz". "Eu fui fazer uma coisa, mandei um áudio infeliz e a impressão que passou é que fui fazer outra coisa", disse.

Podemos repudia
O partido do deputado, o Podemos, repudiou a fala de Arthur, classificaida de "inaceitável". "Gravíssimas e inaceitáveis são as declarações do deputado estadual Arthur do Val, que foram divulgadas na imprensa. Não se resumem ao completo desrespeito à mulher, seja ucraniana ou de qualquer outro país, mas de violações profundas relacionadas a questões humanitárias, em um momento em que esse povo enfrenta os horrores da guerra. O Podemos repudia com veemência as declarações e, com base nelas, instaura de imediato um procedimento disciplinar interno para apuração dos fatos. Até este momento o partido não havia conseguido contato com o deputado, que estava em voo", diz nota assinada por Renata Abreu, deputada federal e presidente do Podemos.

Pré-candidato à presidência pelo Podemos, o ex-juiz Sergio Moro também lamentou o teor da mensagem de Arthur do Val. 

"Lamento profundamente e repudio veementemente as graves declarações do deputado Arthur do Val divulgadas pela imprensa. O tratamento dispensado às mulheres ucranianas refugiadas e às policiais do país é inaceitável em qualquer contexto. As declarações são incompatíveis com qualquer homem público", diz a nota.

***

Em tempos de coronavírus e desinformação, o CORREIO continua produzindo diariamente informação responsável e apurada pela nossa redação que escreve, edita e entrega notícias nas quais você pode confiar. Assim como o de tantos outros profissionais ligados a atividades essenciais, nosso trabalho tem sido maior do que nunca. Colabore para que nossa equipe de jornalistas seja mantida para entregar a você e todos os baianos conteúdo profissional. Assine o jornal.


Relacionadas