'Não aguentou se pendurar e acabou caindo', diz modelo que estava com MC Kevin

brasil
18.05.2021, 15:47:00
Atualizado: 19.05.2021, 11:43:22
(Reprodução)

'Não aguentou se pendurar e acabou caindo', diz modelo que estava com MC Kevin

Ela contou que os dois estavam transando quando ele tentou pular para outra varanda

A modelo fitness Bianca Dominguez contou que viu o momento em que Kevin Nascimento Bueno, o MC Kevin, "não aguentou se pendurar" do lado de fora da varanda e caiu do quinto andar de um hotel no Rio de Janeiro, no domingo. Ele morreu na mesma noite, no hospital. 

Ao jornal O Globo, Bianca contou que ela estava com Kevin no quarto 502 do hotel, onde mantinham relações sexuais quando o funkeiro passou as pernas pelo parapeito, desceu o corpo e ficou apoiado com as mãos na parte mais baixa da sacada. "Ele não aguentou se pendurar e voltar e acabou caindo", lamenta Bianca.

Leia mais: Traição, drogas e tentativa de fuga: as últimas horas de MC Kevin

Bianca estava hospedada em outro hotel no Rio desde o dia 11 e conheceu Kevin e amigos dele na praia. Juntos, beberam e fumaram maconha em um quiosque e depois a modelo subiu para o quarto no final da tarde com Kevin e Victor Elias Fontenelle. 

A mulher de Kevin, a advogada Deolane Bezerra, estava hospedada em outra suíte no mesmo hotel. Em determinado momento, ele ficou com medo que ela o flagrasse transando com outra mulher e por isso teria tentando passar para a varanda do apartamento de baixo, caindo de altura de cerca de 15 metros.

Bombeiros socorreram Kevin no hotel e o levaram até o Hospital Miguel Couto, onde ele foi declarado morto. 

Investigação
Segundo a reportagem, além de Bianca, Vitor e Deolane, outras cinco pessoas, incluindo amigos e pessoas da equipe do artista, já foram ouvidos na 16ª Delegacia. Alguns deles citaram que Kevin tinha consumido drogas e bebidas no final de semana. Um exame toxicológico foi pedido. 

O funkeiro havia se apresentado em uma boate no Rio na madrugada de domingo. Depois, foi para uma festa na casa de outro cantor. 

***

Em tempos de coronavírus e desinformação, o CORREIO continua produzindo diariamente informação responsável e apurada pela nossa redação que escreve, edita e entrega notícias nas quais você pode confiar. Assim como o de tantos outros profissionais ligados a atividades essenciais, nosso trabalho tem sido maior do que nunca. Colabore para que nossa equipe de jornalistas seja mantida para entregar a você e todos os baianos conteúdo profissional. Assine o jornal.


Relacionadas