'Não foi a primeira nem a última', diz Douglas após falha em gol

e.c. bahia
13.06.2019, 00:02:00
Atualizado: 13.06.2019, 10:54:41
Douglas fez boas defesas na partida contra o Inter, mas vacilou no chute de Sóbis (Felipe Oliveira/EC Bahia)

'Não foi a primeira nem a última', diz Douglas após falha em gol

Goleiro do Bahia tomou um frango na derrota para o Internacional

Em momentos como o que vivemos, o jornalismo sério ganha ainda mais relevância. Precisamos um do outro para atravessar essa tempestade. Se puder, apoie nosso trabalho e assine o Jornal Correio por apenas R$ 5,94/mês.

A vida do goleiro Douglas foi do céu ao inferno em questão de minutos na derrota contra o Inter, por 3x1, na noite desta quarta-feira (12), no Beira-Rio, em Porto Alegre. O velho clichê do futebol se fez presente para o atleta tricolor. Depois de fazer grandes defesas no duelo contra o atacante Rafael Sóbis, ele não conseguiu segurar um chute fraco do jogador colorado e o Esquadrão acabou sofrendo o segundo gol na partida. 

Após o duelo, Douglas comentou o lance e afirmou que segue de cabeça erguida. "Não é a primeira falha e nem a última. Minha vida não foi construída só com glória. Estou com quase 30 jogos no ano e uma hora ou outra a gente falha. Não temos margem para erros, não consegui fazer o gesto técnico, mas seguimos fortes porque o ano nos resguarda grandes coisas", explicou.

A derrota para o Inter deixa o Bahia fora do G6 do Brasileirão durante a pausa para a Copa América. Atualmente o tricolor está na sétima colocação e ainda pode cair mais duas posições em caso de triunfos de São Paulo e Goiás, que jogam nesta quinta-feira (13), contra Atlético-MG e Athletico-PR, respectivamente. 

O elenco do Bahia agora entra em recesso até o dia 23. O time só volta a atuar em julho, após a competição continental. O adversário será o Grêmio, em Porto Alegre, no jogo de ida das quartas de final da Copa do Brasil. A CBF ainda vai divulgar a data e horário da partida, mas a tendência é que seja no dia 10 do próximo mês. 

***

Em tempos de coronavírus e desinformação, o CORREIO continua produzindo diariamente informação responsável e apurada pela nossa redação que escreve, edita e entrega notícias nas quais você pode confiar. Assim como o de tantos outros profissionais ligados a atividades essenciais, nosso trabalho tem sido maior do que nunca. Colabore para que nossa equipe de jornalistas seja mantida para entregar a você e todos os baianos conteúdo profissional. Assine o jornal.


Relacionadas