'Não sei se ele ia conseguir tirar Nino', brinca Gilberto sobre Daniel Alves

e.c. bahia
16.09.2021, 15:07:00
Atualizado: 16.09.2021, 15:08:28
Gilberto exaltou a qualidade de Daniel Alves reforçou convite para que o lateral atue no Esquadrão (Foto: Felipe Oliveira/EC Bahia)

'Não sei se ele ia conseguir tirar Nino', brinca Gilberto sobre Daniel Alves

Atacante do Bahia voltou a falar sobre convite para o lateral defender o tricolor

Um dia depois de ter "convidado" Daniel Alves para retornar ao Bahia, o atacante Gilberto voltou a brincar sobre o tema. Durante entrevista na Fonte Nova, na manhã desta quinta-feira (16), o camisa 9 exaltou o lateral direito, mas disse que ele teria que correr para disputar a posição com Nino Paraíba. 

"Claro que queria. Quem não quer Daniel Alves no elenco? Para mim, é um ídolo. Um cara que saiu do Bahia cedo, conquistou a Europa. Tem uma qualidade diferenciada. Claro que ele ia ter que disputar vaga com Nino (risos), temos que lembrar isso. Nino é um dos maiores passadores para mim, assistência. Não sei se ele [Dani Alves] ia conseguir tirar o Nino”, disse Gilberto aos risos. 

“Brincadeiras à parte, a gente tem que enaltecer esse tipo de cara, porque conquistou tudo, merece nosso respeito, nossa admiração. Fico muito feliz se um dia conseguir jogar com ele", brincou Gilberto”, completou.

Cria das categorias de base do Bahia, Daniel Alves está sem clube desde que deixou o São Paulo, na semana passada. Aos 38 anos, o lateral conquistou o bi olímpico com a Seleção Brasileira, nos Jogos de Tóquio, e mantém vivo o sonho de disputar a Copa do Mundo, no ano que vem, no Catar. 

Apesar do convite de Gilberto, um possível retorno de Daniel divide os tricolores. Quando voltou ao Brasil, no ano passado, o lateral afirmou que desejava jogar no São Paulo - clube do qual é torcedor declarado - e depois jogaria por dois meses no Bahia para encerrar a carreira. 

A declaração deixou parte da torcida chateada. Após a polêmica, Daniel Alves voltou atrás e chegou a dizer que não atuaria em outra equipe do país além do São Paulo. 

O amor entre Daniel e o clube paulista acabou na última semana quando o jogador se negou a voltar ao time por conta de uma dívida de R$18 milhões. O São Paulo então decidiu afastar o lateral de forma definitiva. Como fez seis jogos no Brasileirão, o jogador ainda pode defender qualquer outro clube na Série A do Campeonato Brasileiro.

***

Em tempos de coronavírus e desinformação, o CORREIO continua produzindo diariamente informação responsável e apurada pela nossa redação que escreve, edita e entrega notícias nas quais você pode confiar. Assim como o de tantos outros profissionais ligados a atividades essenciais, nosso trabalho tem sido maior do que nunca. Colabore para que nossa equipe de jornalistas seja mantida para entregar a você e todos os baianos conteúdo profissional. Assine o jornal.


Relacionadas