'Não vamos ser eliminados de novo, tenho certeza', afirma Élber

e.c. bahia
11.02.2020, 16:07:00
Élber concede entrevista na Cidade Tricolor (Felipe Oliveira/EC Bahia)

'Não vamos ser eliminados de novo, tenho certeza', afirma Élber

Bahia estreia na Copa Sul-Americana quarta-feira (12), contra o Nacional do Paraguai

Os dias na Cidade Tricolor têm sido de poucos sorrisos. O início ruim do Bahia na temporada força o Esquadrão a dar uma resposta rápida ao seu torcedor. E a nova oportunidade será nessa quarta-feira (12), quando o time recebe o Nacional do Paraguai, às 21h30, na Fonte Nova, no jogo de ida da primeira fase da Copa Sul-Americana.

Apesar do momento turbulento, o atacante Élber tem a confiança de que o Bahia vai se recuperar diante dos paraguaios e dar a volta por cima. “Não vamos ser eliminados de novo. Isso tenho total certeza. O que de ruim aconteceu, não tem nada para piorar. A eliminação na Copa do Brasil, derrota no clássico. Tenho certeza que todo o grupo vai entrar focado e determinado para não deixar o ano terminar tão cedo. A gente vai tentar ir o mais longe possível na competição, sempre buscando o máximo, que é o título”, afirmou o camisa 7.

Apesar da confiança, Élber sabe que mais um resultado ruim na Fonte Nova pode deixar o clima ainda mais pesado para o Bahia, após a eliminação da Copa do Brasil diante do River e a derrota no clássico Ba-Vi. Contra o Vitória, parte da torcida tricolor entoou gritos pedindo a demissão do técnico Roger Machado - além de ter vaiado o goleiro Douglas.

O jogador saiu em defesa de Roger e afirmou que o trabalho tem sido bem feito. “Acho que independente de falar da permanência de treinador ou não, a gente tem que pensar em fazer um grande jogo. É mais uma competição difícil que a gente entra para buscar o título, deixar essa pressão de lado. Em relação ao treinador, isso cabe à diretoria. Mas o Roger tem total respaldo dele e confiança nossa. Tenho certeza que na quarta a gente vai fazer de tudo para conquistar o resultado e dar mais estabilidade para ele e para todos nós”, disse.

Foco no emocional
Além de acertar o pé para fazer os gols que o Bahia precisa diante do Nacional, o elenco tem em mente que o aspecto emocional também pode fazer a diferença durante o duelo. Quem mais tem sofrido com isso é o goleiro Douglas. Ele falhou nas derrotas para River e Vitória e corre risco de perder posição para Anderson.

“Não tem o que falar do Douglas. Infelizmente vem passando por um momento nesses dois últimos jogos que a gente sabe que não é da qualidade dele. Em vários jogos nos salvou. A gente tem total confiança nele, é um dos melhores goleiros do Brasil atualmente. Mais rápido possível ele vai voltar a ter grandes atuações. É um cara que dispensa comentários”, finalizou Élber.

***

Em tempos de coronavírus e desinformação, o CORREIO continua produzindo diariamente informação responsável e apurada pela nossa redação que escreve, edita e entrega notícias nas quais você pode confiar. Assim como o de tantos outros profissionais ligados a atividades essenciais, nosso trabalho tem sido maior do que nunca. Colabore para que nossa equipe de jornalistas seja mantida para entregar a você e todos os baianos conteúdo profissional. Assine o jornal.


Relacionadas