No dia de combate à LGBTfobia, Bahia lança camisa temática

e.c. bahia
17.05.2019, 13:58:00
Atualizado: 17.05.2019, 17:58:08
Jornalista Osmar Martins exibe camisa contra LGBTfobia (EC Bahia / Divulgação )

No dia de combate à LGBTfobia, Bahia lança camisa temática

Peça é a primeira de uma campanha lançada do clube

Nesta sexta-feira (17), dia internacional de combate à LGBTfobia, o Bahia lançou uma camisa em homenagem à data. "Não há impedimento" é a frase que estampa a vestimenta, que conta com uma linha nas cores do arco-íris próxima à grande área de um campo de futebol. 

A camisa é a primeira da coleção #BahiaClubeDoPovo, lançada pelo clube com objetivo de abraçar a pluralidade da torcida. À venda na loja oficial da Fonte Nova, ela custa R$ 88 e tem opções masculinas e femininas nas cores cinza e branca. Sócio do Bahia tem 10% de desconto. 

Ativista LGBT, o repórter especial do CORREIO Osmar Martins, o Marrom, está orgulhoso de ser o garoto-propaganda da campanha. “Não tive a menor dúvida quando me convidaram. Sou totalmente contra intolerância, eu não poderia ficar de fora. O Bahia é o meu time do coração, sou sócio. Fiquei muito feliz. É impressionante a força que o Bahia tem”, afirmou. 

“O Bahia está numa política maravilhosa abraçando essas causas. Realmente um clube de massa como o Bahia não pode ficar neutro, tem que tomar uma posição e tomou uma posição maravilhosa”, completou o jornalista. 

Ao CORREIO, o presidente do Bahia, Guilherme Bellintani, falou sobre a campanha e explicou que o objetivo é aproximar todos os torcedores do clube. "O propósito geral é afirmar a luta por inclusão, um mundo mais humano, o que o Bahia já vem defendendo, além de aproximar o nosso torcedor do estádio. Estamos fazendo de um jeito que o torcedor que antes se sentia excluído do processo, fora do estádio, em um ambiente que "não seria para ele", que esse ambiente é sim para qualquer torcedor. Com essa campanha o nosso torcedor LGBT vai se sentir mais à vontade para estar dentro do estádio, no dia a dia do clube. Isso que a gente pensa", disse. 

Ainda de acordo com o presidente tricolor, a camisa é apenas a primeira de uma linha lançada pelo clube na defesa de causas sociais. “Estamos lançando uma coleção chamada Bahia Clube do Povo, essa é a primeira camisa dessa coleção e a gente usou o dia internacional de combate à LGBTfobia para lançar essa camisa como o desdobramento de uma ação que a gente fez no ano passado e que foi premiada pelo GGB. Essa coleção vai trazer outras causas, como inclusão social, contra o preconceito racial, vamos trazer várias camisas nessa linha”, explicou.

Outros clubes brasileiros também se manifestaram a favor da causa, como Santos, Grêmio, Corinthians, Sport e Náutico, por exemplo.


Relacionadas
Correio.play
https://www.correio24horas.com.br/noticia/nid/maisa-e-o-alvo-de-marcelo-tas-no-provocacoes-desta-terca-feira-16/
Ela responde a perguntas sobre temas mais complicados, como as polêmicas com seu patrão, Silvio Santos
Ler Mais
https://www.correio24horas.com.br/noticia/nid/coronel-joao-sa-pelo-menos-190-casas-serao-demolidas-apos-rompimento-de-barragem/
As residências estão no leito do rio e foram condenadas pelo Ministério de Minas e Energia
Ler Mais
https://www.correio24horas.com.br/noticia/nid/ministerio-publico-fara-pericia-em-barragens-de-pedro-alexandre-e-coronel-joao-sa/
https://www.correio24horas.com.br/noticia/nid/cadeirante-pega-ponga-em-busu-perde-o-controle-e-cai-em-avenida-veja-video/
https://www.correio24horas.com.br/noticia/nid/padre-marcelo-rossi-sobre-empurrao-fui-salvo-foi-um-milagre/
Sacerdote foi agredido enquanto presidia uma missa no último domingo (14)
Ler Mais
https://www.correio24horas.com.br/noticia/nid/gravado-em-salvador-dvd-de-luan-santana-sera-lancado-no-globoplay/
Álbum estará disponível na integra no dia 23 de agosto
Ler Mais
https://www.correio24horas.com.br/noticia/nid/gravida-e-transferida-de-helicoptero-em-cidade-onde-barragem-rompeu-na-ba-video/
https://www.correio24horas.com.br/noticia/nid/volante-do-atletico-mg-se-aposenta-aos-32-por-problemas-cardiacos/
Adílson teve cardiomiopatia hipertrófica diagnosticada em exames de rotina
Ler Mais