Nova reunião: futuro do transporte público em Salvador continua incerto

salvador
15.03.2021, 12:52:00
Atualizado: 15.03.2021, 12:52:14

Nova reunião: futuro do transporte público em Salvador continua incerto

Faltam dois dias para o fim do contrato de intervenção da prefeitura na CSN

O futuro do transporte público em Salvador continua incerto. Nesta segunda-feira (15), o prefeito Bruno Reis fará uma nova reunião com a equipe da prefeitura para pensar uma saída para o problema. Na quarta-feira (17), vence o contrato de intervenção realizado pelo Município da Concessionária Salvador Norte (CSN), responsável por operar as linhas da Estação Mussurunga e da orla da cidade.

Bruno Reis já havia tocado nesse assunto na semana passada. Nesta segunda, ele voltou a dizer que nenhuma empresa mostrou interesse em operar o sistema, e que aquelas que foram procuradas pelo Município, recusaram o convite. “A situação está muito complicada, e a prefeitura não tem condições de continuar costeando esse serviço”, afirmou.

Para chegar à solução do problema, a prefeitura pode escolher entre cinco alternativas: renovar a intervenção, declarar caducidade da empresa e abrir licitação, operação direta pelo município, contrato emergencial com outra empresa ou contrato emergencial de algumas linhas com as outras empresas que completam o sistema (Plataforma Transportes SPE S/A e Ótima Transportes de Salvador SPE S/A).

A intervenção na CSN aconteceu em junho do ano passado, após a empresa afirmar que não tinha condições de operar o sistema. Desde então, é o Município que tem arcado com as despesas. A intenção é que, no dia 17 de março, a intervenção seja finalizada.

Os outros dois consórcios que administram as outras regiões da cidade, Plataforma e OT Trans, também estão demonstrando desgastes. “As outras empresas informaram que se não receberem ajuda não conseguirão pagar os salários de abril dos funcionários”, contou o prefeito.

***

Em tempos de coronavírus e desinformação, o CORREIO continua produzindo diariamente informação responsável e apurada pela nossa redação que escreve, edita e entrega notícias nas quais você pode confiar. Assim como o de tantos outros profissionais ligados a atividades essenciais, nosso trabalho tem sido maior do que nunca. Colabore para que nossa equipe de jornalistas seja mantida para entregar a você e todos os baianos conteúdo profissional. Assine o jornal.


Relacionadas