Novo Cras da Federação vai atender 5 mil famílias em vulnerabilidade

salvador
31.03.2022, 12:54:00
Unidade fica na Rua Aristides Novis, nº 13 (Foto: Valter Pontes/ Secom)

Novo Cras da Federação vai atender 5 mil famílias em vulnerabilidade

Unidade foi entregue, nesta quinta-feira (31), em comemoração ao aniversário da cidade

Um novo Centro de Referência de Assistência Social (Cras) foi inaugurado no bairro da Federação, em Salvador, nesta quinta-feira (31). A unidade fica na Rua Professor Aristides Novis, vai funcionar de segunda a sexta-feira, das 8h às 17h, e tem capacidade para acolher até 5 mil famílias. A entrega faz parte das celebrações pelo aniversário de 473 anos de Salvador, celebrado no dia 29 de março.

Segundo a prefeitura, 18 bairros serão atendidos pelo Cras, como Alto das Pombas, Engenho Velho da Federação, São Lázaro, Vale das Muriçocas, Vasco da Gama e Garcia. O prefeito Bruno Reis fez a entrega oficial e disse que a pandemia agravou os problemas sociais na cidade.

“Nossa intenção é ajudar a população mais necessitada até que estes cidadãos possam recuperar sua vida antes da pandemia, com emprego e renda suficientes para sustentar suas famílias. A partir de agora, vamos investir em Cras modelos, com ações padronizadas, pois é aqui que as famílias têm seus vínculos restabelecidos”, afirmou.

Este é o quinto Cras inaugurado desde 2021. Outras unidades foram entregues em Brotas, Castelo Branco, Lobato, Nordeste/Lucaia, e Boca do Rio. Juntas, os cinco equipamentos realizam 30 mil atendimentos socioassistenciais.

A nova estrutura possui dois andares com cinco salas de atendimento, Cadastro Único (CadÚnico), salas multiuso, brinquedoteca, espaço de convivência com duas salas, coordenação, copa, cinco sanitários entre feminino, masculino e pessoa com deficiência, além de dois almoxarifados. O titular da Secretaria Municipal de Promoção Social, Combate à Pobreza, Esporte e Lazer (Sempre), Kiki Bispo, destacou a importância da ação.

“Toda essa estrutura está disponível de forma a ofertar, em especial neste momento pandêmico, a Proteção Social Básica, o desenvolvimento de ações com famílias e indivíduos, fortalecimento de vínculos familiares e comunitários, evitando que os mesmos tenham seus direitos violados e possibilitando a superação de condições de vulnerabilidade”, disse.

O Cras atende principalmente famílias em situação de vulnerabilidade social, como os beneficiários do programa Auxílio Brasil (antigo Bolsa Família); em extrema pobreza e pobreza; em privação (ausência de renda, acesso precário ou nulo aos serviços públicos) e fragilização de vínculos afetivos.

Atualmente 231.732 famílias soteropolitanas são beneficiárias do Auxílio Brasil, sendo que 210.971 vivem em extrema pobreza e 20.815 em situação de pobreza. Em março, foram feitos 4.417 novos cadastros. Entre pessoas com novas inscrições e recadastradas, o número é de 45.385 mil. 

***

Em tempos de desinformação, o CORREIO continua produzindo diariamente informações nas quais você pode confiar. E para isso precisamos de uma equipe de colaboradores e jornalistas apurando os fatos e se dedicando a entregar conteúdo de qualidade e feito na Bahia. Já pensou que você além de se manter informado com conteúdo confiável, ainda pode apoiar o que é produzido pelo jornalismo profissional baiano? E melhor, custa muito pouco. Assine o jornal.


Relacionadas