Novo guia para viciar em isolamento

paulo leandro
01.04.2020, 05:00:00
Atualizado: 01.04.2020, 18:49:07

Novo guia para viciar em isolamento


Em momentos como o que vivemos, o jornalismo sério ganha ainda mais relevância. Precisamos um do outro para atravessar essa tempestade. Se puder, apoie nosso trabalho e assine o Jornal Correio por apenas R$ 5,94/mês.

Hoje começa abril – mês de decisão. Vamos ver quem sobrevive à pandemia! Enquanto isso, só o que podemos fazer é apreciar o velho e bom fútilball, dando sequência ao trabalho iniciado na coluna de quarta passada. Alegre-se, você fez parte da espécie criadora do melhor brinquedo!

Começamos nosso rolé de hoje pelo mais importante de todos os tempos: Vitória 1x0 Máquina do Fluminense, no Maracanã, com gol de Fischer. Este jogo não é muito lembrado, sabe-se lá por quê, afinal foi uma grande façanha do Leão: https://www.youtube.com/watch?v=o-1R76yUeMw

Para não dizer que não falei de tricolores, tem um compacto no qual se pode apreciar o velho Bahia, com Roberto Rebouças e todos grandes heróis da era mitológica, num empate de 2x2 com o Corinthians em São Paulo: https://www.youtube.com/watch?v=DAqioDVAaJw

Quem quer saber como se jogava o fútil e o confronto de dois perfis bem distintos, tem a raça corinthiana e a classe palmeirense num duelo assistido pelos deuses olimpianos até hoje: https://youtu.be/NLOQd0RYabQ

A segunda academia do Palmeiras pode muito bem homenagear o herói Academus, reverenciado por ter revelado onde estava escondida Helena, na Guerra de Troia; aqui, a nossa Ilíada: https://www.youtube.com/watch?v=fvNUvGUGUOM

Os apreciadores de uma arbitragem perfeita, com o juizão chileno Cunha obedientemente respeitado por supercraques, pela sua competência, podem curtir aqui: https://www.youtube.com/watch?v=gpXN1t5hYlQ

A origem da tragédia no futebol contemporâneo, sem verdades absolutas, veio com o Ajax da Holanda; uma revolução bem apropriada ao país onde Descartes e Espinoza floresceram: https://www.youtube.com/watch?v=OekTPLVJ6VE

Na sequência, eis por que Nietzsche escreveu: “a arte existe para que a realidade não nos destrua”. Imagina se o Bigode tivesse visto Cruyff pintar esta sequência: https://www.youtube.com/watch?v=kIAVTd3jVe8

A gente perdia de 1x0 para o Uruguai (fantasma de 1950 úúúúú assombrando...), quando Gérson resolveu trocar de posição com Clodoaldo e nosso volante apareceu de repente para empatar. Viramos pra 3x1, na semi de 1970: https://www.youtube.com/watch?v=JIUJr7omoYo

Vale a pena saborear mais um pouquinho este néctar em forma de fútil-ball, pela narração de Geraldo José de Almeida: olha lá, olha lá, olha lá, no placar; que bola, bola; por muito pouco, pouco mesmo: https://www.youtube.com/watch?v=exrgtcuM91Q&t=18s

E que tal um épico bem brasileiro, com Manga defendendo bomba de Nelinho, e Figueroa cumprimentando de cabeça para fazer Inter 1x0 Cruzeiro, na final de 1975? Você pode ver em https://www.youtube.com/watch?v=1i4yD6f41lc

As belíssimas esculturas de Rodin estão para a alta cultura como estes gols psicoativos, delirantes e alucinógenos do gnominho da bola em https://www.youtube.com/watch?v=QN3Wv6Gkoic

Na sequência, a quarentena fica mais animada com uma coleção de gols de Zico, alguns narrados por Fernando Vanucci e Luciano do Vale em https://www.youtube.com/watch?v=sNEK6ROhbNc

Para encerrar, enquanto o homem da funerária não toca o interfone, você pode terminar sua vida sem sentido, como qualquer outra, curtindo a final de 1970, com Mario Vianna, o juiz dos juízes em https://www.youtube.com/watch?v=ucXmz3eE_co 

Paulo Leandro é jornalista e professor Doutor em Cultura e Sociedade.

***

Em tempos de coronavírus e desinformação, o CORREIO continua produzindo diariamente informação responsável e apurada pela nossa redação que escreve, edita e entrega notícias nas quais você pode confiar. Assim como o de tantos outros profissionais ligados a atividades essenciais, nosso trabalho tem sido maior do que nunca. Colabore para que nossa equipe de jornalistas seja mantida para entregar a você e todos os baianos conteúdo profissional. Assine o jornal.


Relacionadas