Número de mortes nas estradas no réveillon cai 75%, diz PRF

bahia
02.01.2020, 18:09:00
Atualizado: 02.01.2020, 18:37:16

Número de mortes nas estradas no réveillon cai 75%, diz PRF

Já a quantidade de pessoas feridas cresceu 5%

Em momentos como o que vivemos, o jornalismo sério ganha ainda mais relevância. Precisamos um do outro para atravessar essa tempestade. Se puder, apoie nosso trabalho e assine o Jornal Correio por apenas R$ 5,94/mês.

O número de óbitos nas estradas federais na Bahia caiu 75% no feriado do réveillon em comparação com o mesmo período do ano passado. A Polícia Rodoviária Federal (PRF) divulgou, nesta quinta-feira (2), o balanço da Operação Ano Novo. O número de acidentes também diminuiu, foram 16% de ocorrências a menos, mas cresceu em 5% a quantidade de feridos.

Em nota, a PRF informou que a Operação Ano Novo começou no sábado (28) e foi finalizada às 23h59 desta quarta-feira (1º). Nesse período, 2.920 condutores foram autuados por cometerem infrações diversas, e foram fiscalizados 8.591 veículos e 9.275 pessoas. Ultrapassagem proibida continuou sendo uma das infrações mais recorrentes. Este ano foram 589 casos.

No total,  2.920 condutores foram autuados por cometerem infrações diversas (Foto: PRF/Divulgação)

“Nunca é demais enfatizar que a colisão frontal, quase sempre causada pelas ultrapassagens indevidas, é o tipo de acidente que mais fere gravemente e mata pessoas em rodovias do país inteiro”, diz a nota.

Ao todo, 85 condutores foram flagrados dirigindo sob efeito do álcool, infração gravíssima, com multa de R$ 2.934,70. Durante as abordagens, foram realizados 5.295 testes com etilômetro (bafômetro).

A PRF também emitiu 41 autos de infração para motociclistas ou passageiro sem capacete e 7 motoristas foram flagrados dirigindo e manuseando o aparelho celular. Sem o cinto de segurança foram 223 ocorrências.

Acidentes
O número de acidentes nas estradas federais caiu 16%. Em 2018, foram 43 casos. Este ano, foram 36 ocorrências, sendo que 13 deles foram acidentes graves, quando resultam em, pelo menos, um óbito ou ferido gravemente, número que representa uma redução de 13% em relação ao mesmo período do ano passado.

Em 2019, duas pessoas morreram durante o feriado nas rodovias baianas, redução de 75% com relação ao ano anterior, quando oito pessoas vieram a óbito. Contrariando os demais índices, o número de pessoas feridas aumentou 5%, saindo de 56 para 59 situações.

Durante os cinco dias da operação, os agentes recuperaram seis veículos e 31 pessoas foram detidas por diversos crimes. Foram apreendidos 41 quilos de maconha e mais 38 quilos de cocaína, além de quatro armas de fogo e 132 munições de diversos calibres.

Foram apreendidos 41 quilos de maconha, além de outras drogas (Foto: Divulgação/ PRF)

Casos
A PRF destacou uma ocorrência registrada na tarde de domingo (29), no Km 677 da BR 116, trecho do município de Jequié. Durante abordagem a um caminhão guincho com placas de Corinto (MG) e que transportava um GM/ Classic LS os agentes encontraram no interior deste veículo compartimentos ocultos. Dentro foram encontrados cerca de 31 quilos de maconha, 19 quilos de cocaína e mais mil comprimidos de ecstasy.

Ao ser questionado, o condutor de 38 anos, informou que foi contratado para realizar o transporte do carro de Corinto (MG) com destino a cidade turística de Valença na Bahia. Ele foi preso em flagrante por transportar drogas, cuja pena pode chegar a 15 anos de prisão.

Já em Feira de Santana foram apreendidos dois fuzis, três carregadores, cerca de 132 munições de calibre 223/5.56 e aproximadamente 19 quilos de cocaína. A ação foi desencadeada durante fiscalização na noite de terça-feira (31), no Km 429 da BR 116.

Foi dada ordem de parada a um Toyota/Hilux CD, com três ocupantes. No decorrer dos procedimentos, a equipe percebeu um certo nervosismo do motorista, o que levou os policiais a profundar a fiscalização na Hilux, foi quando encontraram o arsenal bélico (fuzis, carregadores e munições) e os tabletes de cocaína.

Todo o material estava escondido de forma secreta no assoalho do compartimento de carga da caminhonete. Eles foram presos em flagrante e encaminhados à Delegacia de Polícia Civil para autuação e lavratura dos procedimentos cabíveis.

Durante a Operação Ano Novo os agentes intensificaram a fiscalização e o policiamento orientado, com foco em ações preventivas para redução da violência no trânsito e o enfrentamento a criminalidade.

Durante os cinco dias da operação, a PRF na Bahia contou com reforço nas equipes e concentrou seu efetivo ao longo dos trechos mais movimentados e de maior incidência de acidentes graves e de criminalidade. Para isso, foram intensificadas rondas ostensivas nas rodovias com o posicionamento estratégico das viaturas, distribuído em aproximadamente dez mil quilômetros de malha viária.

***

Em tempos de coronavírus e desinformação, o CORREIO continua produzindo diariamente informação responsável e apurada pela nossa redação que escreve, edita e entrega notícias nas quais você pode confiar. Assim como o de tantos outros profissionais ligados a atividades essenciais, nosso trabalho tem sido maior do que nunca. Colabore para que nossa equipe de jornalistas seja mantida para entregar a você e todos os baianos conteúdo profissional. Assine o jornal.


Relacionadas