O Outro Lado do Paraíso: Sophia tem AVC e fica dependente de Estela

entretenimento
04.04.2018, 13:21:00
Atualizado: 04.04.2018, 13:25:14
(Foto: TV Globo/Reprodução)

O Outro Lado do Paraíso: Sophia tem AVC e fica dependente de Estela

Lívia e Gael se recusarão a cuidar da mãe, e a tarefa cairá nos ombros da filha odiada

O mundo dará voltas para Sophia (Marieta Severo). Nos próximos capítulos da novela O Outro Lado do Paraíso, da TV Globo, ela precisará contar com uma das pessoas que mais humilhou. Acusada de cinco assassinatos, a vilã terá um AVC (Acidente Vascular Cerebral) durante seu julgamento e os filhos Gael (Sergio Guizé) e Lívia (Grazi Massafera) se recusarão a cuidar dela. As informações são do portal Metrópoles. Estela (Juliana Caldas) será a pessoa que ficará com a doente durante a recuperação.

Devido ao nanismo de Estela, Sophia rejeitou a filha durante toda a narrativa, chegando a chamá-la de “monstrengo”. Apesar disso, a anã aceitará a mãe doente em sua casa, oferecerá sua melhor cama e até penteará seus cabelos. A megera, porém, continuará tratando Estela e seu marido Amaro (Pedro Carvalho), a quem chama de caolho, com grosseria.

Sophia, que já matou Rato (Cesar Ferrario) e, teoricamente, Mariano (Juliano Cazarré), será pega em flagrante tentando assassinar Caetana (Laura Cardoso), mas conseguirá fugir. Confiante, chegará em seu julgamento tranquila, mas começará a passar mal ao ver que Xodó (Anderson Tomazini) irá depor contra ela. Ela, então, será levada ao hospital, onde será diagnosticada com um AVC leve.

Diante da notícia de que a matriarca receberá alta rapidamente, os filhos começarão a discutir sobre quem cuidará da mãe. “Gael, você como filho, pode cuidar de sua mãe”, o médico Samuel (Eriberto Leão) sugerirá. “Se eu ficar com ela, a gente vai discutir de novo e ela vai ter outro AVC”, retrucará.

Lívia (Grazi Massafera) também não estará interessada na tarefa. “Não olha para mim. Eu não quero cuidar dela. Tenho meus motivos”, a loira falará. “Eu cuido da minha mãe”, dirá Estela, surpreendendo a todos. “Ela nunca se importou com você”, apontará a irmã. “Continua sendo minha mãe. Eu quero levá-la para a minha casa”, a professora encerrará o assunto. O julgamento ficará suspenso diante do problema de saúde de Sophia.

***

Em tempos de coronavírus e desinformação, o CORREIO continua produzindo diariamente informação responsável e apurada pela nossa redação que escreve, edita e entrega notícias nas quais você pode confiar. Assim como o de tantos outros profissionais ligados a atividades essenciais, nosso trabalho tem sido maior do que nunca. Colabore para que nossa equipe de jornalistas seja mantida para entregar a você e todos os baianos conteúdo profissional. Assine o jornal.


Relacionadas