Ônibus continuam sem circular na Via Regional

salvador
30.08.2019, 10:40:00
Atualizado: 30.08.2019, 11:09:06
Rodoviários pararam de entrar na Via Regional, após bandidos tentarem colocar fogo em ônibus (Foto: Bruno Wendel/CORREIO)

Ônibus continuam sem circular na Via Regional

Rodoviários estão reunidos para avaliar retorno

Em momentos como o que vivemos, o jornalismo sério ganha ainda mais relevância. Precisamos um do outro para atravessar essa tempestade. Se puder, apoie nosso trabalho e assine o Jornal Correio por apenas R$ 5,94/mês.

Os ônibus continuam sem circular pela via regional, que se estende do bairro de São Marcos até Cajazeiras, na manhã desta sexta-feira (30). A decisão de não rodar na via foi tomada no final da manhã de ontem (28), após homens tomarem as chaves de dois ônibus para tocarem fogo. A ação só não foi concretiza porque a Polícia Militar chegou no local e os suspeitos fugiram.

De acordo com o vice-presidente do Sindicato dos Rodoviários, Fábio Primo, a categoria deve voltar a circular pela Via Regional, que possui mais de 10 quilômetros de extensão, ainda nesta manhã. Segundo ele, a decisão não é só dos rodoviários, mas também da Consórcio Integra. "Nós temos nosso bem que são nossas vidas e eles têm o deles, que é o bem material, que são os ônibus. Estamos reunidos nesse momento para decidir isso", afirmou Primo, acrescentando que o policiamento na área está bem reforçado.

Em nota, a Polícia Militar informou que o policiamento permanece reforçado no bairro de São Marcos com equipes da 47ª Companhia Independente de Polícia Militar (CIPM/Pau da Lima), da 50ª CIPM (Sete de Abril) e da Companhia Independente de Policiamento Tático (CIPT/ Rondesp Central) atuando na localidade.

Entenda o caso
Por volta das 10h30 de quinta (29), dois homens invadiram um ônibus quando ele estava parado em um ponto e obrigaram o motorista a entregar a chave do veículo. Segundo as testemunhas, eles estavam armados e pretendiam incendiar o coletivo, mas desistiram quando perceberam a chegada da polícia. Essa é a segunda vez que homens tentam colocar fogo em ônibus no bairro em menos de 24 horas.

Um dos rodoviários contou que tudo foi muito rápido. “Eles subiram quando parei no ponto para os passageiros descerem. Subiram e disseram que não fariam nada com as pessoas, mas que queriam a chave do ônibus, porque iam colocar fogo”, contou ao CORREIO o cobrador, que pediu para não ser identificado.

Ainda segundo ele, os suspeitos desistiram da ação porque uma guarnição da Polícia Militar vinha logo atrás. “Eles desceram quando ouviram a sirene. Foi pânico. As pessoas estão assustadas desde ontem com tudo isso”, disse o cobrador. Os homens fugiram levando a chave do coletivo.

Em nota, a Polícia Militar informou que policiais da 50ª CIPM foram acionados, após um ônibus ser atravessado na Via Regional, nas proximidades do Largo de São Marcos, por homens que portavam armas brancas, por volta das 10h30 desta quinta-feira (29). “A ação criminosa foi frustrada no momento em que as guarnições se aproximaram, porém todos conseguiram fugir do local”, informou a PM.

***

Em tempos de coronavírus e desinformação, o CORREIO continua produzindo diariamente informação responsável e apurada pela nossa redação que escreve, edita e entrega notícias nas quais você pode confiar. Assim como o de tantos outros profissionais ligados a atividades essenciais, nosso trabalho tem sido maior do que nunca. Colabore para que nossa equipe de jornalistas seja mantida para entregar a você e todos os baianos conteúdo profissional. Assine o jornal.


Relacionadas