Operação cumpre mandados na Bahia por fraude em serviço de coleta de lixo

bahia
22.07.2020, 09:36:00
Atualizado: 22.07.2020, 11:09:38
(Divulgação/MP)

Operação cumpre mandados na Bahia por fraude em serviço de coleta de lixo

Os mandados foram expedidos pelo TJ de Sergipe e são cumpridos na Bahia em Salvador e São Sebastião do Passé

Em momentos como o que vivemos, o jornalismo sério ganha ainda mais relevância. Precisamos um do outro para atravessar essa tempestade. Se puder, apoie nosso trabalho e assine o Jornal Correio por apenas R$ 5,94/mês.

O Grupo de Apoio Especial de Combate ao Crime Organizado (Gaeco), do Ministério Público estadual da Bahia, cumpre, na manhã desta quarta-feira (22 ), mandados de busca e apreensão em Salvador e São Sebastião do Passé, na Região Metropolitana de Salvador (RMS). Os mandados foram expedidos pelo desembargador Diógenes Barreto, do Tribunal de Justiça de Sergipe e são cumpridos em endereços residenciais, empresariais e órgãos públicos também nos municípios sergipanos de Indiaroba e Lagarto.

As investigações correm sob sigilo de justiça e são um desdobramento de apuração cível conduzida pelo Ministério Público Estadual, que investiga supostos desvios de recursos públicos na prestação serviço público de coleta de lixo, contratado com dispensas de licitação aparentemente fraudulentas, contratações emergenciais forçadas, com veementes indícios de ausência de efetiva prestação de serviços contratados.

Os mandado integram a “Operação Divisa” e foram  deflagrada pelo  Gaeco do Ministério Público de Sergipe no bojo de investigação em andamento na 11ª Procuradoria de Justiça Criminal do Ministério Público de Sergipe. Eles foram executados por equipes dos Gaecos do MP-SE e do MP-BA, com o apoio operacional das unidades da Polícia Militar do Estado de Sergipe COE e GATI. 
 

***

Em tempos de coronavírus e desinformação, o CORREIO continua produzindo diariamente informação responsável e apurada pela nossa redação que escreve, edita e entrega notícias nas quais você pode confiar. Assim como o de tantos outros profissionais ligados a atividades essenciais, nosso trabalho tem sido maior do que nunca. Colabore para que nossa equipe de jornalistas seja mantida para entregar a você e todos os baianos conteúdo profissional. Assine o jornal.


Relacionadas