Operação investiga elo de políticos baianos com desvio de verbas para a covid

satélite
04.03.2021, 07:10:00

Operação investiga elo de políticos baianos com desvio de verbas para a covid


Em momentos como o que vivemos, o jornalismo sério ganha ainda mais relevância. Precisamos um do outro para atravessar essa tempestade. Se puder, apoie nosso trabalho e assine o Jornal Correio por apenas R$ 5,94/mês.

Investigadores da Operação Falso Negativo, deflagrada pelo Ministério Público do Distrito Federal para apurar um esquema de desvio de verbas na compra de testes de covid com ramificações na Bahia, descobriram indícios do suposto envolvimento de prefeitos do interior e de ao menos dois deputados federais do estado em transações com recursos destinados ao enfrentamento da pandemia. As suspeitas foram reveladas ontem a integrantes do Grupo Especial de Combate às Organizações Criminosas do MP baiano (Gaeco) por promotores de Brasília, após o cumprimento de mandados de busca e apreensão em Salvador, Lauro de Freitas e São Gabriel, relativas à 4ª fase da Falso Negativo.

Fio do novelo
O elo de políticos da Bahia com a rede de corrupção montada na Secretaria de Saúde do Distrito Federal foi descoberto nas etapas anteriores da operação. Em especial, através do smartphone apreendido com um dos alvos da Falso Negativo, Matias Machado, tido como grande operador do esquema pelo MP.

Marca registrada
Nas conversas realizadas em aplicativos de mensagem, segundo apurou a Satélite, Matias Machado discute diretamente com prefeitos e assessores de deputados baianos detalhes sobre desvios de verbas direcionadas à saúde por meio de emendas parlamentares. Dono de uma empresa sediada em São Gabriel e investigada na Falso Negativo, Machado destaca as brechas abertas pelo afrouxamento das regras de .licitação nos contratos voltados ao combate da pandemia, alerta sobre a necessidade de agir rápido e garante a liberação de emendas para municípios. O dinheiro surrupiado seria dividido entre ele, prefeitos e deputados.

Ponto de partida
Os indícios levantados pelo MP do Distrito Federal que respingam em políticos do estado com foro privilegiado serão integralmente remetidos à PF e à equipe do Gaeco na Bahia. Após receberem o material -  que inclui documentos, relatórios de quebras de sigilo e arquivos armazenados em aparelhos celulares, computadores e dispositivos eletrônicos -, os promotores do MP baiano e a PF devem iniciar investigações paralelas sobre eventuais fraudes em contratos na área de Saúde durante a crise sanitária.

Papo a dois
Antes da live conjunta de anteontem, o ex-prefeito ACM Neto, presidente do DEM, e o deputado democrata Luiz Henrique Mandetta (MS), ex-ministro da Saúde, tiveram uma DR  para aparar arestas da disputa pelo comando da Câmara. “Partido é assim. Tem horas que a gente se estressa, mas o que vale são os valores, a amizade, o respeito. É como casamento. Nada como a DR (discutir a relação) para ficar tudo certo”, disse Mandetta ontem, em entrevista exclusiva ao site Campo Grande News, do Mato Grosso do Sul.

Baixo impacto
O  efeito do auxílio emergencial para a popularidade do presidente Jair Bolsonaro parece limitado no Nordeste, aponta nova pesquisa do  Instituto Paraná. Na região, ele foi desaprovado por 55% dos eleitores, o maior índice  do país.

"Hoje não existe a tipificação do roubo de bicicletas no sistema da SSP que gera o boletim de ocorrência. A bicicleta precisa ser valorizada como meio de transporte" - André Fraga, vereador do PV de Salvador, ao sugerir em encontro com o secretário de Segurança Pública, Ricardo Mandarino, a inclusão do registro de roubo ou furto de bikes e a  criação do Cadastro de Bicicletas Roubadas

***

Em tempos de coronavírus e desinformação, o CORREIO continua produzindo diariamente informação responsável e apurada pela nossa redação que escreve, edita e entrega notícias nas quais você pode confiar. Assim como o de tantos outros profissionais ligados a atividades essenciais, nosso trabalho tem sido maior do que nunca. Colabore para que nossa equipe de jornalistas seja mantida para entregar a você e todos os baianos conteúdo profissional. Assine o jornal.


Relacionadas