Organizada do Bahia, Bamor doa duas toneladas de alimentos

e.c. bahia
23.04.2020, 15:59:00
Atualizado: 23.04.2020, 16:22:23
Alimentos foram doados para os moradores da comunidade da Baixa do Petróleo (Foto: Divulgação)

Organizada do Bahia, Bamor doa duas toneladas de alimentos

Produtos foram distribuídos entre moradores da Cidade Baixa

Em momentos como o que vivemos, o jornalismo sério ganha ainda mais relevância. Precisamos um do outro para atravessar essa tempestade. Se puder, apoie nosso trabalho e assine o Jornal Correio por apenas R$ 5,94/mês.

Maior torcida organizada do Bahia, a Bamor entrou na luta contra o coronavírus. Com a ajuda de amigos e parceiros, o grupo conseguiu arrecadar duas toneladas de alimentos e materiais de limpeza e higiêne para serem doados para as famílias atingidas pela pandemia.

A campanha de arrecadação foi feita entre os membros do grupo e nas redes sociais. Os produtos arrecadados foram distribuídos entre os moradores da comunidade da Baixa do Petróleo, que fica na Cidade Baixa.

"Foi um dia de felicidade para aquelas pessoas que representam uma parcela da população que não tem acesso a alimentos suficientes para suas necessidades diárias e se quer tem alimentos para uma refeição ao dia", escreveu o grupo em seus perfis nas redes sociais.

Sem futebol
Por conta da pandemia do novo coronavírus, as atividades no futebol estão suspensas. A última vez que o Bahia entrou em campo foi no dia 14 de março, quando venceu o América-RN, por 2x0, pela Copa do Nordeste. Atualmente, o elenco tricolor está em férias coletivas até o próximo dia 30. 

O clube, no entanto, não sabe quando a bola vai voltar a rolar. Por conta da paralisação e incerteza do calendário, o Bahia anunciou nos últimos dias o fim da equipe sub-23, que estava disputando o Campeonato Baiano 

***

Em tempos de coronavírus e desinformação, o CORREIO continua produzindo diariamente informação responsável e apurada pela nossa redação que escreve, edita e entrega notícias nas quais você pode confiar. Assim como o de tantos outros profissionais ligados a atividades essenciais, nosso trabalho tem sido maior do que nunca. Colabore para que nossa equipe de jornalistas seja mantida para entregar a você e todos os baianos conteúdo profissional. Assine o jornal.


Relacionadas