Os vinhos mais indicados para sua Semana Santa

paula theotonio
01.04.2021, 05:00:00

Os vinhos mais indicados para sua Semana Santa


Em momentos como o que vivemos, o jornalismo sério ganha ainda mais relevância. Precisamos um do outro para atravessar essa tempestade. Se puder, apoie nosso trabalho e assine o Jornal Correio por apenas R$ 5,94/mês.

Semana Santa na Bahia tem muita, muita comida. Tem pratos considerados tradicionais, como as diversas receitas com bacalhau; tem frutos do mar, dendê e até carneiro. Para a sobremesa, nosso lance é chocolate; e se for daqueles trufados, recheados… Melhor ainda! No máximo, uma queijadinha ou uma torta búlgara entram na conta.

Encontrar um só vinho que abrace tudo isso é barril dobrado.

Então sabendo que:

1. Para harmonizar com receitas leves com peixes, frutos do mar e Bacalhau à Brás ou à Gomes de Sá, o ideal é ir nos brancos da região de Vinho Verde; em brancos e rosés jovens com acidez média a alta ou rosés jovens;

2. Para saborear junto a um Bacalhau com Natas, ao Zé do Pipo e preparos à base de carneiro, você já pode trazer um tinto com poucos taninos à mesa, como um Pinot Noir;

3. Para sobremesas com chocolate ao leite e a queijadinha, um Porto Tawny vai super bem;

4. Para a torta búlgara e doces com chocolate amargo, a melhor combinação é um Porto Ruby.

Agora é só fazer uma escolha que caia bem no seu bolso e no seu paladar! Seguem aqui algumas dicas para você acertar!

Garzón Reserva Albariño 2019 — R$ 142,80 na World Wine.

Amitié Pinot Noir — R$ 66,50 no site oficial da marca.

Anselmo Mendes Vinho Verde Muros Antigos Escolha — R$ 120,90 na Decanter

Erasmo Rosé de Mourvedre 2018 — R$ 109,65 no Da Girafa

Laura Hartwig Laluca Merlot 2019 — R$ 99 no Da Girafa

Andresen Porto Fine Tawny — R$ 189 na Total Vinhos

***

Em tempos de coronavírus e desinformação, o CORREIO continua produzindo diariamente informação responsável e apurada pela nossa redação que escreve, edita e entrega notícias nas quais você pode confiar. Assim como o de tantos outros profissionais ligados a atividades essenciais, nosso trabalho tem sido maior do que nunca. Colabore para que nossa equipe de jornalistas seja mantida para entregar a você e todos os baianos conteúdo profissional. Assine o jornal.


Relacionadas