Palocci fecha acordo com Polícia Federal de delação premiada

brasil
26.04.2018, 08:01:21
Atualizado: 26.04.2018, 09:00:43

Palocci fecha acordo com Polícia Federal de delação premiada

Colaboração ainda precisa ser homologada pela Justiça; ex-ministro está preso desde setembro de 2016

Em momentos como o que vivemos, o jornalismo sério ganha ainda mais relevância. Precisamos um do outro para atravessar essa tempestade. Se puder, apoie nosso trabalho e assine o Jornal Correio por apenas R$ 5,94/mês.

O ex-ministro Antônio Palocci entrou em acordo de delação premiada com a Polícia Federal. De acordo com o site O Globo, fontes vinculadas ao caso confirmaram que a colaboração avançou com rapidez nos últimos dias. Em sigilo, além de terem fixado as bases dos benefícios que serão concedidos a Palocci, os investigadores inclusive já teriam concluído a fase de depoimentos. A colaboração de Palocci, no entanto, ainda não foi homologada pela Justiça.

Ainda conforte o site, as revelações do ex-ministro, assim como documentos fornecidos por ele, seriam suficientes para abertura de novos inquéritos, operações e até mesmo prisões, segundo revelou ao GLOBO uma fonte que conhece o caso de perto.

Palocci fez acordo com a Polícia Federal depois de tentar, sem sucesso, negociar uma colaboração com os procuradores da força-tarefa da Lava-Jato.

O ex-ministro está preso desde setembro de 2016.

***

Em tempos de coronavírus e desinformação, o CORREIO continua produzindo diariamente informação responsável e apurada pela nossa redação que escreve, edita e entrega notícias nas quais você pode confiar. Assim como o de tantos outros profissionais ligados a atividades essenciais, nosso trabalho tem sido maior do que nunca. Colabore para que nossa equipe de jornalistas seja mantida para entregar a você e todos os baianos conteúdo profissional. Assine o jornal.


Relacionadas