Para atletas, apagão no Barradão fez bem ao time do Vitória

e.c. vitória
02.04.2017, 07:38:00

Para atletas, apagão no Barradão fez bem ao time do Vitória

Leão marcou gol logo após a luz dos refletores, que ficou apagada durante 58 minutos, voltar; Kieza mira título da Copa do Nordeste para coroar boa temporada até agora

Apagão? A falta de luz pode ter até atingido os refletores do Barradão mas, após uma hora de paralisação, o Vitória entrou ligadaço no jogo do sábado (1/4), contra o River, pela Copa do Nordeste, o qual venceu por 1x0.

David vem sendo um dos principais jogadores do Vitória no ano (Foto: Arisson Marinho/CORREIO)

Um dos melhores em campo, o atacante David mal ouviu o apito do árbitro sinalizar o retorno do jogo e já engatou uma linda jogada pela direita. O River tentou afastar mas o volante José Welison mandou uma bomba e deixou o dele.

O atacante deixou o campo satisfeito e admitiu que voltou com mais gás após a pausa. “Voltamos mais ligados depois desse apagão. Aproveitamos a chance que tivemos logo quando voltamos e estamos classificados”, comemora o atleta.

O zagueiro Alan Costa concorda que a paralisação fez bem ao Leão, mas acredita que o gol sairia mesmo sem o episódio. “Voltamos outro time depois do apagão. Fez bem para a nossa equipe. Mas já estávamos com o jogo controlado antes disso. Seguimos invictos em casa. Agora é hora de buscar algo maior”, decreta.

Esse algo maior, tem apelido: a orelhuda. É o título que o Vitória quer. “Trabalhamos muito para chegar às fases finais da competição. Queremos que o Vitória continue na Copa do Nordeste como o clube que mais venceu e vamos em busca do nosso título”, diz o atacante Kieza. O Vitória é pentacampeão do torneio regional.

***

Em tempos de coronavírus e desinformação, o CORREIO continua produzindo diariamente informação responsável e apurada pela nossa redação que escreve, edita e entrega notícias nas quais você pode confiar. Assim como o de tantos outros profissionais ligados a atividades essenciais, nosso trabalho tem sido maior do que nunca. Colabore para que nossa equipe de jornalistas seja mantida para entregar a você e todos os baianos conteúdo profissional. Assine o jornal.


Relacionadas