Parque Social aborda cuidados com o planeta em live neste sábado (19)

salvador
15.09.2020, 15:21:57
Atualizado: 15.09.2020, 15:37:38

Parque Social aborda cuidados com o planeta em live neste sábado (19)

Evento poderá ser acompanhado através do canal da instituição no YouTube; confira

Em momentos como o que vivemos, o jornalismo sério ganha ainda mais relevância. Precisamos um do outro para atravessar essa tempestade. Se puder, apoie nosso trabalho e assine o Jornal Correio por apenas R$ 5,94/mês.

O Parque Social - entidade formadora reconhecida pelo Ministério do Trabalho e Emprego, responsável por proporcionar, desde 2014, cerca de 1.200 adolescentes e jovens a oportunidade do primeiro emprego - realizará a live "Compostagem e Hortas Urbanas” às 16h deste sábado (19).

No evento virtual, serão ensinadas formas de fazer a compostagem de resíduos orgânicos e a multiplicar ações de respeito e cuidados com o planeta. Integrantes de três projetos participarão ativamente do evento online: Agentes da Educação, Agentes do Empreendedorismo e IN PACTO - Incubadora de Negócios Sociais. 

A live do Parque Social faz parte da programação de atividades da ação global “World Cleanup Day – EU CUIDO DO MEU QUADRADO" – maior ação cívica mundial que promoverá no sábado uma mobilização online para limpeza ambiental, digital, mental e solidária. Essa é a terceira vez consecutiva que o Parque Social participa da iniciativa.

(Divulgação)

A live contará com convidados que responderão questionamentos do público que estiver participando ao vivo e perguntas gravadas enviadas pelos integrantes dos projetos do Parque Social. O evento poderá ser acompanhado através do canal da instituição no YouTube (www.youtube.com/user/ParqueSocial). 

A coordenadora do Programa Agente da Educação, Renata Souza, destacou que a pandemia trouxe uma nova forma de atuação nesta edição do World Cleanup Day. "Nos anos anteriores o Parque Social estava nas ruas, escolas... Agora, com a pandemia, estamos totalmente online com a produção de cards, videos, live e debatendo a limpeza não só da rua mas também da nossa casa, como as crianças podem ajudar os pais nesse processo e participar gravando vídeos e nos enviando, por exemplo", reforçou. 

Repensando atitudes
A mobilização global neste  ano está voltada para além das questões ambientais e trazendo reflexões sobre a limpeza digital de celulares e computadores, de que modo essa atitude pode auxiliar vida útil dos aparelhos, o estudo remoto em tempos de pandemia e ainda prevenção ao suicídio, assunto ligado a campanha Setembro Amarelo.  

O tema limpeza solidária, por exemplo, tem proposto aos jovens um processo de limpeza do guarda-roupa, de modo que possam doar aquilo que não faz mais sentido para suas vidas mas que pode beneficiar outros jovens. O bate-papo aqui também pretende ajudá-los a encontrar instituições onde possam efetivar as doações. 

Souza detalhou que as temáticas propostas pelo evento este ano vieram sendo debatidas de forma online pelos participantes e ex-participantes dos projetos desenvolvidos pelo Parque Social, a exemplo dos Jovens Aprendizes, que foram convidados para serem voluntários.  "A live é a culminância do trabalho que já vem sendo desenvolvido com a produção de cards e vídeos que estamos publicando nas redes sociais do Parque Social. Tem sido um desafio para eles e a proposta é que eles sejam multiplicadores destas ações", pontuou.  

O movimento “World Cleanup Day" teve início na Estônia, em 2008, quando 50 mil voluntários se reuniram para limpar o país em cinco horas. A ação se espalhou pelo mundo e, em 2017 foi lançada a campanha World Cleanup Day ou Dia Mundial da Limpeza.

Em 2019, o evento registrou a participação de 180 países, com mais de 21 milhões de pessoas realizando limpezas baseadas no mesmo modelo. No Brasil, foram 1200 cidades e mais de 320 mil voluntários.

***

Em tempos de coronavírus e desinformação, o CORREIO continua produzindo diariamente informação responsável e apurada pela nossa redação que escreve, edita e entrega notícias nas quais você pode confiar. Assim como o de tantos outros profissionais ligados a atividades essenciais, nosso trabalho tem sido maior do que nunca. Colabore para que nossa equipe de jornalistas seja mantida para entregar a você e todos os baianos conteúdo profissional. Assine o jornal.


Relacionadas