Pequenas reformas, outro astral: transforme sua casa para o fim de ano

coronavírus
05.12.2020, 16:00:00
Parede colorida: intervenções simples de fazer e que mudam tudo (Imagem: Shutterstock)

Pequenas reformas, outro astral: transforme sua casa para o fim de ano

Veja 10 dicas para dar um ‘up’ em casa gastando pouco ou quase nada

Em momentos como o que vivemos, o jornalismo sério ganha ainda mais relevância. Precisamos um do outro para atravessar essa tempestade. Se puder, apoie nosso trabalho e assine o Jornal Correio por apenas R$ 5,94/mês.

Tão certo quanto o décimo terceiro salário, que acabou de cair na conta, é o prazer que dá usar um pedacinho que seja da grana extra mais esperada do ano para promover aquela transformação no lar. É ou não é? Como a gente sabe que o ano não foi lá muito fácil - e que o dinheiro é bom, porém, pouco -, listamos 10 ideias para reformar a casa, gastando quase nada. Seja usando um adesivo ou reaproveitando um móvel (apenas dando a ele outra função ou mudando a disposição no ambiente), quem manda muito bem em decoração trouxe algumas dicas que vão lhe ajudar a deixar sua casa de cara nova, sem quebrar nenhuma parede.  

A primeira coisa, antes de fazer qualquer intervenção, é planejar muito bem o que pretende mudar. “O layout da casa deve ser bem funcional e, de preferência, convidando as pessoas para interagir. Evite o sofá de costas para a porta ou embaixo de janela. Além de não ser convidativo, ainda pode gerar uma sensação de vulnerabilidade. Camas também devem ficar com a visualização da entrada da porta do cômodo. Vale uma atenção ainda para os armários que podem comprometer a abertura da porta”, recomenda a  arquiteta, Thaís Fonseca. Esse é só um dos conselhos que vão deixar sua casa repaginada e bem confortável. Confira outros e se jogue na mudança! 


1.Disposição dos móveis 
Remanejar os móveis em casa, dando um novo arranjo, já dá uma nova cara para qualquer espaço. Mudar a posição do sofá ou de um armário, por exemplo, faz a diferença. Quem dá a primeira dica é o arquiteto e sócio da  NR Arquitetura, Roberto Leal (@robertolealneto). “Mudou o layout, a disposição das coisas, você já tem um novo pensamento de lugar e espaço e isso já torna o ambiente algo mais agradável, por conta da novidade”, garante o especialista.   

2. Composição com quadros 
Uma alternativa que dá um significado diferente à parede atrás do sofá é a composição com quadros e molduras de diversos tamanhos e formatos. As fotografias e objetos que podem ser emoldurados também são bem-vindos. “Colocar quadros e decorar as paredes também muda tudo, preenche. Palavras em MDF  são mais algumas opções que costumo usar em meus projetos”, sugere a arquiteta e urbanista, Thaís Fonseca (@thaisfonsecaarquiteta).   

3. Pontos de iluminação 
O conselho da arquiteta e sócia da JL Arquitetura e Interiores Ludmila Castelo Branco (@jl.arquiteturainteriores) é apostar na iluminação. “A opção mais simples é ir criando artifícios que modifiquem os espaços. Colocar uma escultura na parede e um ponto direto para ela, é algo que chama bastante atenção, assim como iluminar alguns quadros da casa criando iluminações indiretas, com fitas de led. O metro custa em torno  de R$ 24”, destaca Ludmila.

4. Móveis antigos, novas funções 
Roberto Leal também traz algumas boas ideias para quem quer dar outras funcionalidades para móveis antigos: “Aquela cadeira que não está mais sendo usada, mas que é bonita e tem uma história - foi da minha avó, da minha tia, da minha mãe - pode servir como mesa de cabeceira, apoio, ou fazer um charme no corredor com um vaso de planta, ou um quadro pequeno. Com pratos, por exemplo, dá fazer uma composição na parede ou um porta-chaves. Tudo isso vale”.  

5. Reaproveitamento 
A criadora de conteúdo do perfil de decoração @aconchegorustico, Miréa Marcela, é daquelas que reaproveitam tudo o que podem na decoração. “Pedaços de madeira que encontrei na rua se transformam em porta-toalhas para o  meu banheiro e conseguimos fazer até as luminárias. Antes de começar qualquer reforma, vale a pena garantir uma boa pesquisa de itens de segunda mão que, na verdade, estão praticamente novos. Existem muitas oportunidades na internet”.  

6. Troca de elementos decorativos 
Troque a decoração sem medo de se desfazer de objetos que não fazem mais sentido. “As almofadas são elementos decorativos que, quando trocamos, parece que mudamos tudo. Tenha capas  para fazer um rodízio.  Caixas, vasos, latas ou potes podem ser pintados, adesivados, revestidos com tecidos e inseridos na decoração com plantas. Prateleiras e nichos podem ser utilizados para organizar e decorar o quarto e a sala”, diz Thaís Fonseca.

7. Painéis 
Uma parede com uma composição de formas geométricas é mais uma opção para reformar sem precisar quebrar uma parede, como aconselha Roberto Leal. “Uma ideia de pintura geométrica colorida é também interessante. Mas dá para apostar ainda em parede com grafitte ou lettering. Nesse caso, é importante avaliar a reserva disponível para a contratação desse profissional. O valor varia muito.  O maior cuidado aqui é saber quanto pode gastar na hora de planejar essas intervenções”.  

8. Parede colorida 
O efeito renovador de uma pintura é perceptível logo de imediato, como afirma Ludmila Castelo Branco. O gasto vai depender dos espaços nos quais pretende modificar a cor das paredes. “Com criatividade, tudo é possível. Além de pintar paredes, pode apostar também na pintura dos tetos. Dependendo da cor, esse artifício traz um aconchego ao ambiente. É importante ficar atento se existem rachaduras e infiltrações que precisam ser solucionadas antes da repaginada”.  

9. Texturas em 3D 
Seja de gesso ou de papel, o 3D vai trazer uma volumetria na parede além da textura para a decoração. O custo vai variar, a depender do material. Em uma busca rápida na internet, dá para garimpar opções de papel com esse efeito a partir de R$ 13,90. “Um 3D de gesso ou de papel faz uma revolução no ambiente. Se tiver uma cor então, é lacre. Você pode usar na parede da televisão na sala, em um hall de entrada, no corredor ou em alguma parede que queira dar destaque”, comenta Thaís Fonseca. 

10. Adesivos 
Só mais um conselho, para terminar: os adesivos são uma ótima aposta para quem quer dar uma valorizada na cozinha e no banheiro. “A depender do modelo, o metro custa em torno de R$ 60. No mercado, existem muitas opções de adesivos que imitam diversos revestimentos. Desde azulejos decorados, até madeira, pintura, pedra. É uma solução eficiente e com um valor bem em conta. Os adesivos funcionam ainda para quem quer repaginar um móvel da casa”, acrescenta Ludmila Castelo Branco. 

***

Em tempos de coronavírus e desinformação, o CORREIO continua produzindo diariamente informação responsável e apurada pela nossa redação que escreve, edita e entrega notícias nas quais você pode confiar. Assim como o de tantos outros profissionais ligados a atividades essenciais, nosso trabalho tem sido maior do que nunca. Colabore para que nossa equipe de jornalistas seja mantida para entregar a você e todos os baianos conteúdo profissional. Assine o jornal.


Relacionadas