Perde-se muito tempo com o VAR

rafael santana
14.08.2019, 05:00:00

Perde-se muito tempo com o VAR

Eu não quero de maneira alguma questionar a necessidade do recurso do árbitro de vídeo no futebol. A tecnologia era fundamental para corrigir as injustiças no esporte  mais popular do planeta, sobretudo no Brasil, onde nos acostumamos a lidar com erros de vários tipos por parte da arbitragem. O que não dá para fazer é fingir que está tudo bem. Não, não está. Se é certo que o VAR ajudou a reduzir em larga escala os erros capitais, certo também é que os jogos estão ficando muito tempo parado. 

O Bahia foi um dos beneficiados pelo árbitro de vídeo na rodada do fim de semana do Campeonato Brasileiro. Além de ratificar a decisão do árbitro de campo de expulsar Felipe Melo por uma ação violenta e desnecessária em cima de Lucca, o VAR foi fundamental para que os dois pênaltis convertidos por Gilberto fossem assinalados. O problema é que entre ser acionado pela cabine e decidir se iria ou não ao monitor, Igor Junio Benevenuto demorou uma eternidade.

Está aí algo que não consigo entender. Se os profissionais da cabine detectam um lance suspeito, como o toque de mão de Diogo Barbosa ou a falta de Luan em Arthur Cayke, por que tamanha demora em solicitar que o árbitro se dirija ao monitor? Benevenuto levou mais tempo decidindo se iria checar o lance do que o analisando de fato. Enquanto isso, ficou suscetível a todo tipo de pressão de atletas das duas equipes, enquanto era observado por dezenas de câmeras de transmissão. 

A demora foi tanta que a partida teve cinco minutos de acréscimo no primeiro tempo e dez no segundo. Foram 15 minutos só de acréscimo! É inconcebível por diversos motivos, entre eles a perda de fluidez do jogo e de concentração dos atletas. Tricolores e palmeirenses ficaram visivelmente nervosos, e a qualidade de uma partida que começou interessante caiu brutalmente. Quanto aos torcedores, deu tempo de comprar uma cervejinha, dar um pulo no banheiro, pagar uma conta no celular ou escolher a refeição através de um desses aplicativos que estão na moda. 

A experiência do árbitro de vídeo na Inglaterra, que entrou em vigor no último fim de semana, serviu para desmoralizar o uso da tecnologia no Brasil. Enquanto por aqui se leva três, quatro ou cinco minutos para checar os lances, os ingleses o fizeram em menos de um minuto. Mal há quebra no ritmo de jogo. Lá, sim, é colocada em prática a ideia de “interferência mínima, benefício máximo”, conceito que está muito longe de ser experimentado no Brasil. 

Outro ponto que me incomoda é o pouco valor que tem se dado à interpretação do árbitro de campo. Em lances em que ele está próximo e tem ampla visão da jogada, deveria valer sua interpretação. Se ele viu determinado lance no calor do momento, por que chamá-lo ao monitor para fazer uma reinterpretação em câmera lenta? 

Foi isso que aconteceu no segundo pênalti marcado a favor do Bahia. Que fique claro: eu achei pênalti. Mas o árbitro não. Ele estava perto e tinha ampla visão do lance. No calor do momento, considerou normal a jogada. Só com o auxílio do VAR marcou o pênalti. Não me parece a melhor forma de usar a tecnologia em prol do futebol.

Rafael Santana é repórter do globoesporte.com.


Relacionadas
Correio.play
https://www.correio24horas.com.br/noticia/nid/digital-influencer-usa-instagram-para-denunciar-namorado-por-agressoes/
https://www.correio24horas.com.br/noticia/nid/mesmo-com-prova-mantida-candidatos-temem-cancelamento-de-concurso-da-pm/
Professores propõem que os concurseiros não se deixem abater e continuem focados nas provas
Ler Mais
https://www.correio24horas.com.br/noticia/nid/poliana-ex-esposa-de-victor-chaves-vive-reclusa-apos-separacao/
https://www.correio24horas.com.br/noticia/nid/atores-da-televisa-morrem-ao-cair-de-ponte-durante-ensaio-para-serie/
Vítimas faziam parte de elenco da série ‘Sin Miedo a la Verdad’
Ler Mais
https://www.correio24horas.com.br/noticia/nid/blecaute-em-morro-de-sao-paulo-deixa-turista-sem-banho-e-gera-prejuizo-no-comercio/
Balneário ficou 20 horas sem luz; concessionária cita 'defeito em equipamento'
Ler Mais
https://www.correio24horas.com.br/noticia/nid/o-que-e-uma-feijoada-inorganica/
https://www.correio24horas.com.br/noticia/nid/martnalia-volta-ao-tca-com-show-em-homenagem-a-vinicius-de-moraes/
Apresentação que aconteceria na Concha nesta sexta (17) foi transferida para a Sala Principal
Ler Mais
https://www.correio24horas.com.br/noticia/nid/bastidores-confira-historias-curiosas-que-os-reporteres-viveram-na-cobertura-do-bonfim/