Personal trainer espanca sem-teto após flagrá-lo fazendo sexo com sua esposa

em alta
15.03.2022, 14:05:19

Personal trainer espanca sem-teto após flagrá-lo fazendo sexo com sua esposa

Homem pensou que companheira estava sendo estuprada

A Polícia Civil do Distrito Federal investiga um personal trainer de 31 anos por espancar um homem em situação de rua em Planatina. O caso aconteceu na última quarta-feira (9), após o homem flagrar a esposa fazendo sexo dentro de um carro com a vítima.

Em depoimento prestado à polícia, o marido conta que pensou que a esposa, que tem 33 anos, estava sendo estuprada. No entanto, ele também afirmou que a mulher enfrenta problemas psicológicos.

De acordo com o g1, os três envolvidos foram conduzidos ao Hospital Regional de Planaltina. Os dois homens estavam machucados e a mulher, em estado de choque.

No BO também consta que a esposa saiu com a sogra para tentar ajudar o sem-teto. No entanto, durante o percurso, elas se separaram.

Como a esposa não voltou, o marido saiu para procurá-la. No caminho, ele encontrou o carro da mulher estacionado e, quando se aproximou, viu que a companheira fazia sexo com o sem-teto.

Nas imagens, é possível ver que o personal derrubou o homem no chão com socos e pontapés. Também é possível observar que a mulher saiu do carro. O vídeo mostra que ela deitou no chão e se ajoelhou durante as agressões contra o sem-teto.

Áudios
Em alguns áudios, segundo a TV Globo, a mulher contou sua versão da história. Ela afirmou que viu "imagens do marido e de Deus" no sem-teto e que não tinha ingerido bebida alcoólica.

Ela disse que, inicialmente, foi abordada pelo sem-teto, que pedia dinheiro. Como ela não tinha, ele pediu para ver uma bíblia que o marido tinha dado à ela.

Em seguida, o sem-teto pediu um abraço e os dois entraram no carro. Ele começou a fazer carinho no pé dela e pediu para irem para outro lugar, onde marcaram um encontro.

Posteriormente, a mulher foi ao local combinado e esperou a chegada do homem. Nesse momento, eles entraram no veículo e tiveram relações sexuais. O marido chegou pouco tempo depois.

***

Em tempos de coronavírus e desinformação, o CORREIO continua produzindo diariamente informação responsável e apurada pela nossa redação que escreve, edita e entrega notícias nas quais você pode confiar. Assim como o de tantos outros profissionais ligados a atividades essenciais, nosso trabalho tem sido maior do que nunca. Colabore para que nossa equipe de jornalistas seja mantida para entregar a você e todos os baianos conteúdo profissional. Assine o jornal.


Relacionadas