Personalização de brindes para o Dia dos Pais é ótima oportunidade de negócio

empreendedorismo
24.07.2017, 04:00:00
Atualizado: 24.07.2017, 08:13:51

Personalização de brindes para o Dia dos Pais é ótima oportunidade de negócio

Bebidas artesanais são outras opções para ganhar com a data

Em momentos como o que vivemos, o jornalismo sério ganha ainda mais relevância. Precisamos um do outro para atravessar essa tempestade. Se puder, apoie nosso trabalho e assine o Jornal Correio por apenas R$ 5,94/mês.

A personalização de brindes como chaveiros, canecas e utensílios pessoais e a venda de cervejas artesanais são apontadas hoje como os segmentos mais promissores para o empreendedor fazer dinheiro no Dia dos Pais. A dica partiu tanto de empresários quanto de especialistas em negócios ouvidos pelo CORREIO. 

Segundo o empresário Renato Pamponet, proprietário da JR Brindes, as vendas no Dia dos Pais chegam a superar as do final de ano. “O movimento cresce cerca de 20% e só não é maior do que o do Dia das Mães”. Ele diz que, apesar das muitas novidades, os chaveiros ainda são os mais demandados. Restaurantes, churrascarias e escolas de educação infantil são os principais compradores dos presentinhos.

Outro empresário do ramo, Claudinilson Almeida, da Almeida Brindes, conta que nos últimos anos precisou aumentar o leque de opções de lembrancinhas para poder sobreviver no mercado. “Antigamente, vendíamos muitos calendários, mas a realidade mudou e as pessoas estão exigindo outras opções”. Hoje, a lista de presentes personalizados inclui sandálias, relógios, copos, camisas e kits para churrascos. “Temos um monte de opções, mas o nosso carro-chefe ainda é a caneca. No ano passado, vendemos cerca de mil para o Dia dos Pais”. O comércio de cervejas artesanais é outra boa aposta. O empresário Claiton Santos, proprietário da Vitrine das Cervejas, conta que no mês de agosto as vendas da loja sobem mais de 10%.

Claiton montou o empreendimento há quatro anos. “Quando começamos, era um negócio muito pequeno e foi preciso fazer um trabalho de catequese para atrair o público”, relembra. Dentre as cerca de 250 marcas do menu, duas baianas estão entre as mais vendidas, a Mindubier, de Salvador, e a Adamantine, de Vitória da Conquista.

Diferencial

O analista técnico do Sebrae na unidade de gestão do portfólio Anderson Teixeira ressalta que o grande diferencial do brinde é a customização. Daí a necessidade dos empreendedores investirem em produtos que fujam do convencional. “Hoje em dia o mercado está muito concorrido, então é necessário buscar originalidade”, justifica.

Ele destaca ainda que quem deseja investir visando o Dia dos Pais, independente do segmento, deve ter em mente o público que pretende atingir e qual produto irá oferecer. “Pensar simplesmente em pai é muito genérico. Existem pais dos mais tradicionais até aqueles mais modernos, e os presentes que eles demandam são diferentes”, explica. 

Segundo Teixeira, o setor varejista, sobretudo, deve ficar atento a isso ao estabelecer sua estratégia de venda. “O Dia dos Pais é uma das grandes datas para o varejo e cada nicho deve estar atento ao seu cliente”.

Dicas para empreender para o Dia dos Pais 

Mercado: A venda direta para os homens ou para seus familiares é possível, mas é um mercado saturado. Uma alternativa é apostar em restaurantes e escolas que presenteiam pais que são seus clientes.

Personalização: Em época de crise, cai o gasto das famílias com presentes. Opções baratas, mas personalizadas para dar um toque especial, ganham força, principalmente nas áreas de brindes, camisetas, decoração e utensílios pessoais. 

Vendas on line: Levantamento do Serviço de Proteção ao Crédito e da Confederação Nacional de Dirigentes Lojistas (CNDL) mostra que os homens, em média, gastam 41% a mais do que as mulheres em compras online. É preciso aproveitar esse filão.

Planejamento: Se não deu tempo para este ano, guarde suas ideias para 2018. A saúde do negócio depende de um bom plano. Futuros empreendedores podem procurar o apoio do Sebrae.

***

Em tempos de coronavírus e desinformação, o CORREIO continua produzindo diariamente informação responsável e apurada pela nossa redação que escreve, edita e entrega notícias nas quais você pode confiar. Assim como o de tantos outros profissionais ligados a atividades essenciais, nosso trabalho tem sido maior do que nunca. Colabore para que nossa equipe de jornalistas seja mantida para entregar a você e todos os baianos conteúdo profissional. Assine o jornal.


Relacionadas