Pet explica pausa na busca por reforços e ressalta implantação de filosofia no Vitória

e.c. vitória
06.06.2017, 10:11:00
Atualizado: 06.06.2017, 11:56:31

Pet explica pausa na busca por reforços e ressalta implantação de filosofia no Vitória

Diretor de futebol do Leão diz que vai ouvir o técnico Alexandre Gallo antes de partir em busca de novas contratações

Em momentos como o que vivemos, o jornalismo sério ganha ainda mais relevância. Precisamos um do outro para atravessar essa tempestade. Se puder, apoie nosso trabalho e assine o Jornal Correio por apenas R$ 5,94/mês.

Se de um lado o Vitória sanou um problema ao apresentar Alexandre Gallo como novo treinador da equipe, do outro a torcida ainda aguarda por reforços para a sequência do Campeonato Brasileiro. De acordo com o diretor de futebol, Petkovic, após a apresentação do volante Filipe Soutto, na semana passada, o departamento de futebol deu uma pausa nas negociações e vai se reunir com o novo treinador para uma nova avaliação no elenco.

"Nós já tínhamos feito muitos reforços para o Vitória este ano e, ao chegar aqui, reconhecemos alguns pontos de carência dentro do time. Contratamos mais alguns jogadores, apresentamos o Fillipe Soutto, um segundo volante que não tínhamos no elenco, e a partir desse momento, com as mudanças que aconteceram no Vitória, eu parei alguns dias para apresentar o novo técnico. Agora, junto ao novo técnico, vamos dar continuidade para saber também a opinião de quem vai trabalhar com os jogadores, acho muito importante ouvir o pensamento do treinador", explicou Pet.

Apesar da pausa, o clube tem mais um jogador a apresentar: o meia Yago, ex-Figueirense. Ele já está no Barradão desde a semana passada e ainda não foi anunciado oficialmente.

Pet quer ouvir o novo treinador antes de reforçar o elenco do Leão (Foto: Maurícia da Matta/EC Vitória)

Ainda de acordo com o sérvio, a área de inteligência do clube está sendo reforçada no processo de busca por uma filosofia e DNA do Leão como clube formador de atletas. Pet chegou ao clube para ser gerente de futebol e auxiliar o então diretor de futebol Sinval Vieira. No entanto, ele acabou acumulando a função de treinador e assumiu de vez o departamento de futebol na semana passada, após a saída de Sinval. 

"O Vitória foi sempre formador, ultimamente as informações que eu colhi não são das melhores. Mas para implementar esse projeto na gestão do futebol nós vamos ter mais tempo e vai ser muito mais rápido. Para criar o conceito que o Vitória deve ter, o perfil, modelo na base, já começamos a recrutar novos reforços para o centro de inteligência, implementar a filosofia de análise de mercado sobre quais jogadores o Vitória precisa ter, o DNA do torcedor. Somos profissionais para formatar tudo isso para entender o passo a passo", afirmou 

Estreia
A missão do técnico Alexandre Gallo, apresentado segunda-feira (5) na Toca do Leão, não será das mais fáceis. Com apenas um ponto conquistado em quatro rodadas do Brasileirão, o treinador terá que reorganizar o time e recolocar o Leão no caminho dos triunfos. Na tarde desta terça (6), o elenco volta aos treinos e se prepara para o duelo contra o São Paulo, quinta (8), às 19h30, no Morumbi.  

 

***

Em tempos de coronavírus e desinformação, o CORREIO continua produzindo diariamente informação responsável e apurada pela nossa redação que escreve, edita e entrega notícias nas quais você pode confiar. Assim como o de tantos outros profissionais ligados a atividades essenciais, nosso trabalho tem sido maior do que nunca. Colabore para que nossa equipe de jornalistas seja mantida para entregar a você e todos os baianos conteúdo profissional. Assine o jornal.


Relacionadas