PF conclui que houve obstrução à investigação do assassinato de Marielle

brasil
23.05.2019, 21:12:10
Atualizado: 23.05.2019, 21:14:56
(Foto: Renan Olaz/ Câmara Municipal do Rio)

PF conclui que houve obstrução à investigação do assassinato de Marielle

PM e advogada faziam parte de organização criminosa, diz inquérito

A Polícia Federal concluiu que houve obstrução à investigação sobre as mortes da vereadora Marielle Franco e do motorista Anderson Gomes, no Rio de Janeiro. A informação é de O Globo.

Segundo inquérito, o policial militar Rodrigo Jorge Ferreira, o Ferreirinha, e a advogada dele, Camila Moreira Lima Nogueira, fazem parte de uma organização criminosa que tentou atrapalhar as investigações da Polícia Civil sobre o caso. A PF entregou o documento ao Grupo de Atuação Especial de Combate ao Crime Organizado (Gaeco) do Ministério Público do Rio de Janeiro (MP-RJ). 

Não se sabe se há outros indiciados pelo crime além do PM e da advogada. 

Testemunha
Ferreirinha foi apresentado como testemunha-chave do caso pouco mais de um mês após o crime, que aconteceu em março de 2018. Ele trabalhou como motorista do ex-PM Orlando Oliveira de Araújo, o Orlando Curicica, apontado como chefe de uma milícia que age na zona oeste do Rio.

Em depoimento, Ferreirinha apontou Curicica e Marcelo Siciliano (PHS) como mandantes do crime contra Marielle. Ele afirmou que presenciou reuniões entre eles para combinar o atentado, motivado porque a vereadora estaria trapalhando ações ilegais de Siciliano.

Depois que o depoimento vazou na imprensa, Curicica e Siciliano negaram envolvimento no crime. Preso no Rio, Curicica prestou depoimento ao Ministério Público Federal (MPF) afirmando que a polícia carioca queria que ele assumisse ser mandante do crime. 

A partir desse depoimento, a procuradora-geral da República, Raquel Dodge, determinou que a PF entrasse no caso. Ferreirinha, a advogada e outras pessoas foram investigadas - entre elas está o ex-deputado Domingos Brazão, adversário de Siciliano.

As investigações sobre a morte de Marille continuam. O PM reformado Ronnie Lessa e o ex-PM Élcio Vieira de Queiroz foram presos em março pela execução do crime. Os mandantes ainda não foram identificados.


Relacionadas
Correio.play
https://www.correio24horas.com.br/noticia/nid/guarda-municipal-filmado-com-arma-durante-furdunco-e-afastado/
Homem está proibido de trabalhar durante o Carnaval
Ler Mais
https://www.correio24horas.com.br/noticia/nid/taylor-swift-lanca-versao-ao-vivo-da-cancao-the-man/
Cantora disponibilizou também um vídeo inédito, extraído de uma performance que fez em Paris
Ler Mais
https://www.correio24horas.com.br/noticia/nid/guarda-municipal-identifica-e-investiga-agente-gravado-armado-no-furdunco-veja-video/
https://www.correio24horas.com.br/noticia/nid/minuto-de-carnaval-e-preciso-se-cuidar-para-aguentar-todos-os-dias-de-folia/
Chefe de reportagem Jorge Gauthier dá dicas para ficar atento à saúde
Ler Mais
https://www.correio24horas.com.br/noticia/nid/rui-costa-se-nao-vai-ajudar-pelo-menos-me-deixe-trabalhar-em-paz/
Governador falou em "perseguição" do governo federal
Ler Mais
https://www.correio24horas.com.br/noticia/nid/minuto-de-carnaval-hoje-tem-o-ultimo-ensaio-do-cortejo-afro-no-pelourinho/
https://www.correio24horas.com.br/noticia/nid/confira-os-melhores-momentos-de-vitoria-0x0-freipaulistano/
Leão segue invicto em 2020 e na zona de classificação
Ler Mais
https://www.correio24horas.com.br/noticia/nid/minuto-de-carnaval-hoje-tem-furdunco-e-banho-de-mar-a-fantasia/
O chefe de reportagem Jorge Gauthier apresenta quadro
Ler Mais