PF conclui que houve obstrução à investigação do assassinato de Marielle

brasil
23.05.2019, 21:12:10
Atualizado: 23.05.2019, 21:14:56
(Foto: Renan Olaz/ Câmara Municipal do Rio)

PF conclui que houve obstrução à investigação do assassinato de Marielle

PM e advogada faziam parte de organização criminosa, diz inquérito

A Polícia Federal concluiu que houve obstrução à investigação sobre as mortes da vereadora Marielle Franco e do motorista Anderson Gomes, no Rio de Janeiro. A informação é de O Globo.

Segundo inquérito, o policial militar Rodrigo Jorge Ferreira, o Ferreirinha, e a advogada dele, Camila Moreira Lima Nogueira, fazem parte de uma organização criminosa que tentou atrapalhar as investigações da Polícia Civil sobre o caso. A PF entregou o documento ao Grupo de Atuação Especial de Combate ao Crime Organizado (Gaeco) do Ministério Público do Rio de Janeiro (MP-RJ). 

Não se sabe se há outros indiciados pelo crime além do PM e da advogada. 

Testemunha
Ferreirinha foi apresentado como testemunha-chave do caso pouco mais de um mês após o crime, que aconteceu em março de 2018. Ele trabalhou como motorista do ex-PM Orlando Oliveira de Araújo, o Orlando Curicica, apontado como chefe de uma milícia que age na zona oeste do Rio.

Em depoimento, Ferreirinha apontou Curicica e Marcelo Siciliano (PHS) como mandantes do crime contra Marielle. Ele afirmou que presenciou reuniões entre eles para combinar o atentado, motivado porque a vereadora estaria trapalhando ações ilegais de Siciliano.

Depois que o depoimento vazou na imprensa, Curicica e Siciliano negaram envolvimento no crime. Preso no Rio, Curicica prestou depoimento ao Ministério Público Federal (MPF) afirmando que a polícia carioca queria que ele assumisse ser mandante do crime. 

A partir desse depoimento, a procuradora-geral da República, Raquel Dodge, determinou que a PF entrasse no caso. Ferreirinha, a advogada e outras pessoas foram investigadas - entre elas está o ex-deputado Domingos Brazão, adversário de Siciliano.

As investigações sobre a morte de Marille continuam. O PM reformado Ronnie Lessa e o ex-PM Élcio Vieira de Queiroz foram presos em março pela execução do crime. Os mandantes ainda não foram identificados.


Relacionadas
Correio.play
https://www.correio24horas.com.br/noticia/nid/el-camino-filme-de-breaking-bad-ja-esta-disponivel-na-netflix/
Produção acompanha o que aconteceu com Jesse Pinkman após o fim da série
Ler Mais
https://www.correio24horas.com.br/noticia/nid/roger-machado-e-contundente-sobre-racismo-precisamos-sair-da-fase-da-negacao/
Técnico do Bahia fala com firmeza de um problema pouco abordado no futebol brasileiro; assista
Ler Mais
https://www.correio24horas.com.br/noticia/nid/irma-dulce-nao-e-idolo-e-um-ideal-diz-padre-antonio-maria/
No Vaticano, ele cantou música que fez em homenagem à Santa Dulce dos Pobres
Ler Mais
https://www.correio24horas.com.br/noticia/nid/maior-dia-da-minha-vida-diz-musico-que-voltou-a-ver-apos-rezar-para-irma-dulce/
Ele participou de cerimônia da canonização e interagiu com o Papa Francisco
Ler Mais
https://www.correio24horas.com.br/noticia/nid/apos-10-horas-de-vigilia-fieis-comemoram-canonizacao-de-dulce-no-largo-de-roma/
Primeira miraculada, Cláudia Araújo chegou ao Santuário na noite deste sábado (12)
Ler Mais
https://www.correio24horas.com.br/noticia/nid/de-salvador-1a-miraculada-de-dulce-acompanha-canonizacao/
Cláudia Araújo está desde ontem às 18h em vigília no Santuário de Irmã Dulce
Ler Mais
https://www.correio24horas.com.br/noticia/nid/veja-tudo-o-que-aconteceu-na-canonizacao-de-irma-dulce/
CORREIO acompanhou do Vaticano e mostra bastidores da canonização na Itália e em Salvador
Ler Mais
https://www.correio24horas.com.br/noticia/nid/artistas-ensaiam-apresentacoes-para-canonizacao-de-irma-dulce-veja-video/
Margareth Menezes, Waldonys e José Maurício receberam as últimas orientações
Ler Mais