Polícia prende 'Estelionatário do Amor' que aplicava golpes em mulheres no Nordeste

bahia
22.04.2022, 20:55:00
(Reprodução/SETV)

Polícia prende 'Estelionatário do Amor' que aplicava golpes em mulheres no Nordeste

Homem fez vítimas nos estados da Bahia, Paraíba e Sergipe

Carlos Alberto Cardoso de Melo, conhecido como "estelionatário do amor", foi preso nesta sexta-feira (22) por policiais civis do Centro de Operações Policiais Especiais (Cope) de Aracaju (SE). O suspeito tinha dois mandados de prisão pelo crime de estelionato contra mulheres de três estados nordestinos.

Segundo as investigações, Carlos Alberto costumava enganar mulheres, se apresentando como italiano e sempre buscando informações sobre a vida financeira das vítimas, com o objetivo de obter vantagens pecuniárias.

Os crimes que motivaram a detenção ocorreram nos anos de 2011 e 2012, nas cidades de João Pessoa(PB) e Paulo Afonso (BA), respectivamente, de onde partem as representações dos mandados de prisão. Carlos já foi condenado pelo Poder Judiciário da Paraíba. 

Outras informações apontam que, em 2015, o acusado já havia sido preso pelo mesmo crime em Sergipe, onde enganou três vítimas. À época, Carlos ainda se identificava como italiano, utilizando o nome “José Alberto Poletti”.

Ainda de acordo com apurações, uma das vítimas, ao perceber a tática utilizada pelo estelionatário, alegou possuir problemas financeiros, o que fez com que Carlos desaparecesse. No entanto, outra mulher, da cidade de Nossa Senhora do Socorro, chegou a vender a própria residência e perder o dinheiro do imóvel para Carlos Alberto, que sumiu logo depois. 

O acusado se encontra à disposição da Justiça. As investigações ainda continuarão, a fim de medir a dimensão dos prejuízos causados e se existem mais vítimas. 

***

Em tempos de coronavírus e desinformação, o CORREIO continua produzindo diariamente informação responsável e apurada pela nossa redação que escreve, edita e entrega notícias nas quais você pode confiar. Assim como o de tantos outros profissionais ligados a atividades essenciais, nosso trabalho tem sido maior do que nunca. Colabore para que nossa equipe de jornalistas seja mantida para entregar a você e todos os baianos conteúdo profissional. Assine o jornal.


Relacionadas