Por impasse no Sócio Digital, Bahia não assina contrato com a TVE

e.c. bahia
16.02.2021, 13:02:00
Atualizado: 16.02.2021, 15:40:32
Bahia é o atual tricampeão estadual e disputará o Baianão com o time de transição (Foto: Mauro Akin Nassor/Arquivo CORREIO)

Por impasse no Sócio Digital, Bahia não assina contrato com a TVE

Sem acordo, tricolor não terá jogos no Campeonato Baiano transmitidos

Em momentos como o que vivemos, o jornalismo sério ganha ainda mais relevância. Precisamos um do outro para atravessar essa tempestade. Se puder, apoie nosso trabalho e assine o Jornal Correio por apenas R$ 5,94/mês.

Às vésperas do início do Campeonato Baiano, o Bahia ainda não tem acordo para a transmissão dos seus jogos no estadual. Por conta do aplicativo Sócio Digital, lançado em setembro do ano passado, o tricolor decidiu não assinar contrato com a TVE Bahia, anunciada nesta segunda-feira (15) como a detentora dos direitos de transmissão do torneio nos próximos dois anos.

O principal impasse está na veiculação das partidas via streaming. Além da transmissão em TV aberta, a TVE irá reproduzir as partidas através do Facebook e Youtube, o que desagradou ao Bahia, que planeja transmitir os próprios duelos através da sua plataforma. 

"Estamos em um dilema em relação ao contrato com a TVE. O Bahia, do jeito que está hoje o contrato não pretende assiná-lo. A gente gosta do modelo de transmissão da TVE, mas uma das condições que a gente colocou foi que a gente pudesse transmitir no Sócio Digital. A TVE Transmite na TV aberta e a gente transmite os nossos jogos no sócio digital. No contrato veio a liberação para a TVE transmitir também no Facebook e redes sociais, Youtube na verdade, e a gente entende que é um concorrente do nosso produto. Então, do jeito que está a gente não deve aderir ao contrato com a TVE. Vamos discutir o que fazer", explicou o presidente do Bahia, Guilherme Bellintani, durante reunião do Conselho Deliberativo.

De acordo com apuração do CORREIO, apesar da primeira negativa do Bahia, as duas partes ainda mantêm conversas e podem chegar a um acordo para que o clube assine contrato.

No acordo com a TVE, o Esquadrão receberia uma cota de R$ 850 mil por ano pela disputa do Campeonato Baiano.

A transmissão de partidas no Sócio Digital é um desejo do Bahia desde que a plataforma foi lançada. Com o fim do contrato com a Globo, na virada do ano, o clube projetava iniciar as transmissões próprias. Para isso, contava ainda com a Medida Provisória 984, assinada em junho do ano passado pelo presidente Jair Bolsonaro e conhecida como MP do Mandante, que alterava as regras sobre os direitos de transmissões dos jogos.

No entanto, a MP não foi apreciada no Congresso e acabou perdendo validade. Com saída de Rodrigo Maia da presidência da Câmara e a chegada de Arthur Lira, Bellintani acredita que o tema vai ganhar mais relevância. Nos bastidores, especula-se que o presidente Jair Bolsonaro assinará uma nova MP do Mandante nos próximos dias. 

"Devemos ter um movimento diferente dentro da política brasileira, é impossível prever qual será esse movimento, mas eu diria que é um pouco diferente, inclusive ao direito do mandante. Eu diria que é possível sim que haja avanços, não sei se por MP ou projeto de lei específico. Por isso a minha insistência de que o Bahia precisa estar preparado e ir à frente nessa circunstância", disse o presidente tricolor.

"Em 2017, os direitos de TV eram 70% do orçamento do clube. Com o avanço de todas as outras rubricas orçamentárias, o direito de TV passou para 35%. Isso significa que crescemos muito em outros setores e não crescemos nada em direito de TV, daí a nossa insistência de que no médio prazo o Bahia esteja preparado para dar um novo salto na arrecadação de direito de TV. Abrir mão de um contrato de 850 mil por ano no curto prazo, mesmo em um ano tão difícil, mesmo o torcedor as vezes tendo que passar pelo desafio de não ver os jogos do Campeonato Baiano, mas no médio prazo pode ser um esforço que eu defendo que vale a pena. Precisamos avançar como plataforma de streaming senão vamos ficar para trás", finalizou Guilherme Bellintani.

O Campeonato Baiano se inicia oficialmente nesta quarta-feira (17), com a partida entre Unirb e Vitória, no Carneirão, em Alagoinhas. A estreia do Bahia será no domingo (21), quando recebe a Juazeirense, às 16h, na Fonte Nova. Assim como em 2020, o tricolor disputará a competição com o time de transição.

***

Em tempos de coronavírus e desinformação, o CORREIO continua produzindo diariamente informação responsável e apurada pela nossa redação que escreve, edita e entrega notícias nas quais você pode confiar. Assim como o de tantos outros profissionais ligados a atividades essenciais, nosso trabalho tem sido maior do que nunca. Colabore para que nossa equipe de jornalistas seja mantida para entregar a você e todos os baianos conteúdo profissional. Assine o jornal.


Relacionadas