Porto de Galinha registra ocupação de 66% no primeiro semestre

turismo
21.09.2017, 07:04:00
Atualizado: 21.09.2017, 11:39:46
Porto de Galinhas é repleta de piscinas naturais formadas por arrecifes (Shutterstock)
Estúdio Correio -

Porto de Galinha registra ocupação de 66% no primeiro semestre

Localidade pernambucana já foi eleita por 10 vezes consecutivas a melhor praia do Brasil

Em momentos como o que vivemos, o jornalismo sério ganha ainda mais relevância. Precisamos um do outro para atravessar essa tempestade. Se puder, apoie nosso trabalho e assine o Jornal Correio por apenas R$ 5,94/mês.

Porto Galinhas, um dos destinos mais procurados no Nordeste, registrou uma ocupação média de 66% entre janeiro e junho de 2017. Em julho, mês de férias escolares, a taxa foi de 70% contra 69,5% do mesmo mês de 2016. Os dados foram apresentados pelo Porto de Galinhas Convention & Visitors Bureau.

De acordo com pesquisa realizada pela Universidade Federal de Pernambuco e o Porto de Galinhas CVB, o tempo médio de permanência dos viajantes é de 5,82 dias, com um gasto diário de R$407, por pessoa.

Um dos locais mais procurados é o Porto de Galinhas Praia Hotel, à beira da praia, o hotel possui 123 apartamentos, piscina com vista para o mar, expansiva faixa de praia de areia branca, colaboradores bilíngues, bar da piscina, serviço de praia, kids club, áreas de estar, sala de Tv & Mídia, boutique de moda praia & acessórios e muito mais.

Eleita por 10 vezes consecutivas a melhor praia do Brasil, Porto de Galinhas é repleta de piscinas naturais formadas por arrecifes, que permitem aos turistas ter a sensação de nadar em um verdadeiro aquário de águas transparentes cheias de peixes coloridos.


***

Em tempos de coronavírus e desinformação, o CORREIO continua produzindo diariamente informação responsável e apurada pela nossa redação que escreve, edita e entrega notícias nas quais você pode confiar. Assim como o de tantos outros profissionais ligados a atividades essenciais, nosso trabalho tem sido maior do que nunca. Colabore para que nossa equipe de jornalistas seja mantida para entregar a você e todos os baianos conteúdo profissional. Assine o jornal.


Relacionadas