Prazo para recadastramento no SUS é prorrogado até 30 de setembro

salvador
28.08.2020, 11:39:14
Atualizado: 28.08.2020, 19:33:11

Prazo para recadastramento no SUS é prorrogado até 30 de setembro

Nova data foi anunciada pela prefeitura nesta sexta-feira (28)

Em momentos como o que vivemos, o jornalismo sério ganha ainda mais relevância. Precisamos um do outro para atravessar essa tempestade. Se puder, apoie nosso trabalho e assine o Jornal Correio por apenas R$ 5,94/mês.

O prazo para recadastramento do cartão do Sistema Único de Saúde (SUS) foi prorrogado para 30 de setembro. A nova data foi divulgada no final da manhã desta sexta-feira (28) pela prefeitura. A medida, que começou em janeiro deste ano e que inicialmente valeria até esta segunda-feira (31), segue determinação do Ministério da Saúde.

Leia mais: Filas e instabilidade: baianos sofrem para fazer recadastramento no SUS

O recadastramento é importante porque garante os recursos da União para o sistema de saúde. O procedimento pode ser feito pelo site www.recadastramento.saude.salvador.ba.gov.br ou em uma das 152 unidades básicas de saúde da rede municipal. 

Para o procedimento, os moradores da capital baiana deverão informar o RG ou certidão de nascimento, CPF ou cartão SUS e o comprovante de residência em nome do usuário ou de algum parente de primeiro grau. É possível também que uma pessoa da família realize o cadastro dos demais moradores, caso apresente toda documentação. 

Toda a população deve ser recadastrada, até mesmo as pessoas que possuem plano de saúde e aqueles usuários que não utilizam com frequência o sistema do SUS. As pessoas que já possuem cadastro realizado pelo agente comunitário de saúde não precisam realizar o procedimento novamente.

Site instável
Devido à alta demanda, o site do recadastramento está apresentando instabilidade. O prefeito ACM Neto disse que equipes da prefeitura já estão trabalhando para melhorar o site do serviço.  "Continuem tentando que vocês vão conseguir", afirmou ele.

Neto afirmou que a prefeitura vem realizando esse recadastramento desde janeiro, nas unidades de saúde, e que até agosto 700 mil pessoas já fizeram o procedimento. Ele afirmou que houve trabalho de comunicação em redes sociais e com carros de som convocando as pessoas. Por conta da pandemia e da orientação para que as pessoas fiquem em casa, a prefeitura disponibilizou ontem o site, dando possibilidade de fazer o recadastramento on-line. Mas a imensa procura fez o sistema penar.

"Como há uma meta que tem ser cumprida, resolvemos fazer um sistema que permitisse fazer esse cadastramento à distância, on-line. Abrimos isso no dia de ontem.Em apenas um dia, foram cadastradas 200 mil pessoas. Então vejam, em oito meses se cadastraram 700 mil pessoas. Em um dia, 200 mil pessoas. Então é óbvio que houve uma grande demanda de uma vez só no sistema, 200 mil pessoas conseguiram se cadastrar mas outros não conseguiram", disse, durante evento no Lobato.

"Detectamos o problema, pedi ao secretário Leo Prates que adotasse as providências para reforçar o sistema. Agora, óbvio que pode ter problema", afirmou. "De fato algumas pessoas tiveram dificuldade de conseguir se cadastrar, mas o que é a gente pede é um pouquinho de paciência, porque o sistema está funcionando", disse.

***

Em tempos de coronavírus e desinformação, o CORREIO continua produzindo diariamente informação responsável e apurada pela nossa redação que escreve, edita e entrega notícias nas quais você pode confiar. Assim como o de tantos outros profissionais ligados a atividades essenciais, nosso trabalho tem sido maior do que nunca. Colabore para que nossa equipe de jornalistas seja mantida para entregar a você e todos os baianos conteúdo profissional. Assine o jornal.


Relacionadas