'Precisávamos de uma vitória como essa', comemora Rodrigo Chagas

e.c. vitória
17.04.2021, 22:10:00
Atualizado: 17.04.2021, 22:12:59
Elenco do Vitória comemora no vestiário após triunfo por 2x1 contra o Altos-PI (Divulgação ECVitória)

'Precisávamos de uma vitória como essa', comemora Rodrigo Chagas

Técnico do Vitória analisa triunfo contra o Altos e comenta retornos de Eduardo e Ronaldo

Em momentos como o que vivemos, o jornalismo sério ganha ainda mais relevância. Precisamos um do outro para atravessar essa tempestade. Se puder, apoie nosso trabalho e assine o Jornal Correio por apenas R$ 5,94/mês.

Não foi fácil passar pelo Altos e conseguir a classificação às semifinais da Copa do Nordeste, mas o Vitória conseguiu o objetivo ao bater o rival do Piauí por 2x1, na noite deste sábado (17), no Barradão. Após o apito final, o técnico Rodrigo Chagas elogiou a dedicação dos jogadores e comemorou a conquista da vaga na próxima fase do regional.

"Queria parabenizar o grupo. A gente precisava de uma vitória como essa. A torcida precisava. A dedicação que este elenco está tendo está sendo muito grande. Tenho certeza de que, se Deus quiser, nos próximos jogos vamos ser melhores do que fomos neste", afirmou o treinador rubro-negro.

Chagas, no entanto, não deixou de pontuar que o time teve problemas para passar pela marcação imposta pelo Altos. 

"Dificuldade é que a gente encontra uma equipe com um muro lá atrás para você tentar romper. A equipe jogando somente em transição, jogando por um erro nosso. Nós erramos até muitos passes hoje, principalmente por dentro, criando até uma situação para o adversário, em relação ao contra-ataque. Mas a gente está tendo a oportunidade de estar jogando. Se eu não me engano, é o terceiro jogo que fazemos com a equipe jogando com a mesma situação, até porque estão estudando muito a nossa equipe", disse. 

O Vitória vai disputar o jogo único das semifinais contra Ceará ou Sampaio Corrêa, que se enfrentam pelas quartas de final no domingo (18), às 16h, no estádio Castelão, em Fortaleza. Na avaliação do técnico, o contexto de jogo será outro.

"Nos próximos adversários que vamos ter, acho que vai mudar um pouco o modelo de jogo. São equipes que propõem. O Ceará ou o Sampaio Corrêa. São duas equipes que jogam. Não acredito que vão jogador dessa forma, com a linha baixa, esperando uma situação de transição para poder atacar. Então acho que vai mudar muito o próximo jogo que vamos ter na semifinal", vislumbrou.

O comandante do Leão elogiou a atuação do meia Eduardo, de 20 anos, que entrou no segundo tempo e marcou o gol da classificação. Recuperado de contusão, ele não jogava havia dois meses. Antes dele, no primeiro tempo, Samuel havia aberto o placar e Lucas Campos tinha deixado tudo igual. 

"Eduardo já era esse meia. Eduardo já trabalha comigo há quase seis anos. É um jogador que não tem dificuldade. Assim como ele, o Gabriel. São jogadores que se conhecem bastante. A gente acabou perdendo esses dois atletas neste momento da competição. Acho que Eduardo ainda falta um pouco de ritmo de jogo, um pouco mais de treinamento. É um jogador que teve poucos dias de treinamento depois de sair da transição. É um jogador que eu confio, acredito, já conheço e sabia o momento de poder coloca-lo. Então acho que poder trabalhar ele um pouco mais, para que ele possa pegar um ritmo de jogo e nos ajudar no decorrer da competição".

Rodrigo Chagas também comentou o retorno de Ronaldo. Pela primeira vez na temporada, o goleiro foi escalado para um jogo do Vitória. Titular absoluto em 2020, Ronaldo ainda não tinha entrado em campo porque está em processo de renovação de contrato com o clube. O vínculo atual é até dezembro deste ano. Sem ritmo, o arqueiro apresentou algumas falhas diante do Altos. 

Antes da bola rolar contra o time do Piauí, o Vitória emitiu uma nota informando que Lucas Arcanjo, que vinha defendendo as traves do rubro-negro, sofreu uma fratura em um dos dedos da mão esquerda e foi vetado pelos médicos. A previsão de recuperação é de 21 dias. 

"Ronaldo vinha treinando normal. Eu conversava com ele todos os dias, procurava saber como se encontrava esse atleta. E a gente sabe da importância que tem o Ronaldo para esse grupo e para a nossa equipe, para o Esporte Clube Vitória. É um jogador que tem todos os méritos e a nossa confiança. Nos ajudou muito nesse jogo de hoje. Tenho certeza que vai nos ajudar nos jogos que vamos ter aí pela frente", projetou Rodrigo Chagas.

O Vitória volta a campo na quarta-feira (21), quando enfrenta a Juazeirense, pela 8ª rodada do Campeonato Baiano. A bola rola às 19h30, no estádio Adauto Moraes, em Juazeiro. 


***

Em tempos de coronavírus e desinformação, o CORREIO continua produzindo diariamente informação responsável e apurada pela nossa redação que escreve, edita e entrega notícias nas quais você pode confiar. Assim como o de tantos outros profissionais ligados a atividades essenciais, nosso trabalho tem sido maior do que nunca. Colabore para que nossa equipe de jornalistas seja mantida para entregar a você e todos os baianos conteúdo profissional. Assine o jornal.


Relacionadas