Prefeitura de Brumado decide pôr um fim na obrigatoriedade do uso de máscara

bahia
19.10.2021, 21:17:00
Atualizado: 19.10.2021, 21:17:20
Imagem ilustrativa (Ricardo Wolffenbuttel/Governo de SC)

Prefeitura de Brumado decide pôr um fim na obrigatoriedade do uso de máscara

Equipamento será dispensado em espaços abertos e fechados, com exceção de escolas ou para pessoas com sintomas gripais e infectadas pelo coronavírus

Em decreto publicado nesta terça-feira (19), a Prefeitura de Brumado, no sudoeste da Bahia, determinou o fim do uso obrigatório de máscaras faciais em todo o território da cidade, seja em local aberto ou fechado. 
 
Contudo, o equipamento de proteção segue obrigatório nas instituições de ensino das redes pública e privada do município, para pessoas com sintomas gripais e para indivíduos que estejam infectados pelo novo coronavírus.
 
O documento, assinado pelo prefeito Eduardo Vasconcelos (PSB), informa que os boletins epidemiológicos, divulgados diariamente  pela Secretaria Municipal de Saúde de Brumado, apresentam constante diminuição do número de casos ativos de covid-19, e que, desde o dia 03 de setembro, a cidade não registra nenhum internamento em decorrência de infecção pelo vírus, o que levou a prefeitura a desativar as enfermarias e a UTI COVID.
 
Além disso, para fundamentar a decisão, o decreto do prefeito afirma que “a cidade de Brumado tem 58.777 pessoas elegíveis para a vacina contra a covid-19 (a partir de 12 anos de idade), sendo que desse total, 88,61% já recebeu a primeira dose e 58,79% a segunda dose."
 
A decisão, no entanto, acontece no mesmo dia em que a Secretária da Saúde do Estado, Tereza Paim, alerta que abolir a obrigatoriedade do uso de máscaras nesta etapa da pandemia representa um grande retrocesso na luta contra o coronavírus
 
“Estar vacinado não quer dizer que a gente pode estar desprotegido. Apenas depois que a maior parte da população estiver vacinada com as duas doses, mais de 80% da população, é que a gente vai poder começar a pensar de que maneira e em quais locais poderemos estar sem máscara, preferencialmente em locais abertos”, explicou a secretária.
 

***

Em tempos de coronavírus e desinformação, o CORREIO continua produzindo diariamente informação responsável e apurada pela nossa redação que escreve, edita e entrega notícias nas quais você pode confiar. Assim como o de tantos outros profissionais ligados a atividades essenciais, nosso trabalho tem sido maior do que nunca. Colabore para que nossa equipe de jornalistas seja mantida para entregar a você e todos os baianos conteúdo profissional. Assine o jornal.


Relacionadas