Prefeitura de Palmeiras fecha estradas da cidade e do Capão

coronavírus
02.04.2020, 20:43:00
Atualizado: 02.04.2020, 21:18:54
Após fechar bares, restaurantes e o acesso a cidade, prefeitura vai estender o decreto para as casas de material de construção (Foto: Mariana Rios/ CORREIO)

Prefeitura de Palmeiras fecha estradas da cidade e do Capão

Confirmação do primeiro caso positivo para o covid-19 na região foi feita pelo prefeito Ricardo Guimarães, após doença ser confundida com pneumonia

Em momentos como o que vivemos, o jornalismo sério ganha ainda mais relevância. Precisamos um do outro para atravessar essa tempestade. Se puder, apoie nosso trabalho e assine o Jornal Correio por apenas R$ 5,94/mês.

Ninguém entra e nem sai do distrito do Capão e também do município de Palmeiras depois que o prefeito da cidade, Ricardo Guimarães confirmou o primeiro caso positivo para o novo coronavírus na região. Ao CORREIO, o prefeito disse que o paciente teve alta há 15 dias do Hospital Regional da Chapada atestando cura para pneumonia. Só hoje (02), o teste confirmou a contaminação pelo covid-19. 

“Estamos fazendo esse controle com barricadas diante da confirmação desse primeiro caso do município. Estamos todos atordoados. O rapaz estava com acompanhantes, recebeu visitas no período de internação, teve contato com profissionais de saúde sem qualquer utilização de EPI. Estamos buscando todas essas pessoas que tiveram contato com ele”, afirma. 

Ainda de acordo com o prefeito, o município prefere manter o anonimato do nome do paciente já que ele e a família estão sofrendo bullying por parte dos moradores da cidade.

“Estamos resguardando a vítima que já se encontra em quarentena, assim como sua mãe que é técnica de enfermagem. Ela nos contou, inclusive, que não apresentou sintomas e que ele também não está sentindo mais nada. Porém, estamos investigando o caso e vamos realizar novos testes”. 

Depois de fechar os bares e lanchonetes e o acesso da cidade, a próxima medida é fechar também as casas de materiais de construção. “Por conta deste caso, vamos estender o decreto para esses estabelecimentos também”, completa Guimarães. 

Sobre o fechamento do acesso, em nota, o Governo do Estado da Bahia disse que a Secretaria de Infraestrutura encaminhou na última semana um ofício solicitando que as prefeituras garantam o fluxo do transporte de carga (abastecimento e insumos) e do transporte de trabalhadores. Qualquer outro critério deve ser averiguado junto às Prefeituras.

Novo coronavírus na Bahia

O caso, no entanto, ainda não foi computado pela Secretaria de Saúde do Estado (Sesab), que no último boletim divulgado nesta quinta-feira não confirmou novos registros. Com base neste levantamento, a Bahia permanece com 267 infectados. Até o momento, são três mortes confirmadas por Covid-19 na Bahia, todas em Salvador. Outros 15 óbitos com suspeita da doença ainda estão em investigação. 

Das 267 pessoas infectadas, 43 estão curadas e 33 encontram-se internadas. Estes números representam notificações oficiais compiladas pelo Centro de Informações Estratégicas em Vigilância em Saúde da Bahia (Cievs-BA), em conjunto com os Cievs municipais.

***

Em tempos de coronavírus e desinformação, o CORREIO continua produzindo diariamente informação responsável e apurada pela nossa redação que escreve, edita e entrega notícias nas quais você pode confiar. Assim como o de tantos outros profissionais ligados a atividades essenciais, nosso trabalho tem sido maior do que nunca. Colabore para que nossa equipe de jornalistas seja mantida para entregar a você e todos os baianos conteúdo profissional. Assine o jornal.


Relacionadas
  • Assinaturas: 71 3480-9140
  • Anuncie: 71 3203-1812
  • Ache Aqui Classificados: 71 3480-9130
  • Redação: 71 3203-1048