Prefeitura entregará 10 unidades dos CRAS requalificadas até novembro

salvador
02.07.2019, 05:00:00
Atualizado: 02.07.2019, 07:42:10
CRA do Bairro da Paz é um dos 10 a passar por requalificação. Unidade também mudará de endereço (Evandro Veiga/CORREIO)

Prefeitura entregará 10 unidades dos CRAS requalificadas até novembro

Investimento total nas obras é de R$ 10 milhões

Uma mudança no perfil da asssitência social de Salvador com atenção especial aos aspectos preventivos e protetivos. Esse é a intenção do projeto de requalifcação, até novembro, de 10 dos  28 Centros de Referência da Assistência Social (CRAS) em funcionamento na capital baiana.

Além das mudanças na estrutura física, o programa também vai contemplar melhorias na composição da equipe técnica e na atualização da rede lógica, possibilitando acesso à internet de alta velocidade.

Titular da pasta responsável pelo projeto - que foi lançado no último dia 13, no CRAS Cajazeiras, com a presença do prefeito ACM Neto -, o secretário Léo Prates explica a importância das unidades para a cidade:

 “Os CRAS estão para a assistência social assim como as unidades de atenção básica estão para a saúde. Na área básica, a gente entendia que precisava de um investimento maior. Estamos investindo, agora, na prevenção da área social, ou seja, evitar que os vínculos familiares sejam desfeitos”, afirma. 

Com a requalificação dos CRAS, a prefeitura altera a forma de investir na assistência. “A gente inverte a lógica da assistência social atuando mais agora em um trabalho de prevenção do que no de reparo. Atuar na área básica é mais barato e você tem mais facilidade de reinserção da pessoa, por exemplo, no mercado de trabalho. É diferente do trabalho realizado com uma pessoa em situação de rua, que precisa ser realizado em vários eixos. É um trabalho mais difícil, envolve um convencimento mais complexo”, explica Prates. 

No total, a Prefeitura vai investir R$ 10 milhões na renovação dos espaços, que prestam serviços básicos de assistência às famílias da cidade. Os investimentos fazem parte do projeto Salvador Social, que foi criado a partir da parceria entre o Banco Mundial e a administração municipal, através da Secretaria de Promoção Social e Combate à Pobreza (Semps).

Na primeira etapa do projeto, passarão pela requalificação as unidades de Cajazeiras, Calabetão, Fazenda Grande do Retiro, Bairro da Paz, Federação, Itapuã, Lagoa da Paixão, Nova Esperança/CEASA, Paripe e São Cristóvão. Com a entrega dessas unidades ainda em 2019, mais cinco requalificações devem ser lançadas pela prefeitura em janeiro do próximo ano. As unidades restauradas passarão por revisão do sistema elétrico e hidrossanitário, requalificação de banheiros; redistribuição de áreas internas; pintura geral; reparos na cobertura, portas, janelas, grades e portões e, também, melhorias na comunicação visual e acessibilidade.

O prefeito ACM Neto e o titular da Semps, Léo Prates, durante o lançamento do programa de requalificação dos Cras, na unidade Cajazeiras (Foto: Divulgação/Semps)

A diretora da Proteção Social Básica, setor da Semps que responde pelos CRAS, Emanuelle Rodovalho, detalha a diferenciação entre as áreas do serviço de assistência. “A área básica tem o papel preventivo e protetivo. Cuida também do fortalecimento dos vínculos familiares e comunitários no território, por isso os CRAS estão localizados nas comunidades”, esclarece a diretora. 

Quando a situação já está mais agravada, a atuação da assitência parte para a área especial. Nesses casos, já estão sendo vivenciadas situações de violação de direitos. Emanuelle explica que a parte especial da assistência é dividida em duas esferas: de média e alta complexidade.

“A de média complexidade lida com situações de ameaça ou violação de direitos, contudo os vínculos familiares ainda existem mesmo que de forma fragilizada Já nos casos de alta complexidade, os vínculos já foram rompidos”, detalha. Na área especial de atuação são assistidos casos como trabalho infantil e pessoas em situação de rua. 


 
Serviços

Para receber atendimento nos CRAS é preciso residir na região onde o posto está instalado. Cada unidade atende uma determinada área de abrangência para que toda a cidade esteja coberta. Sabendo qual delas procurar, basta que o indivíduo ou família, em qualquer situação de vulnerabilidade social, leve um documento com foto e apresente a demanda para ser encaminhado ao atendimento.

O objetivo desses Centros é desenvolver as ações do Programa de Atenção Integral à Família (PAIF), através de serviços de acolhimento, acompanhamento sociofamiliar, atividades socioeducativas com famílias no contexto comunitário, visando a orientação e o fortalecimento de vínculos familiares e comunitários. São desenvolvidas ações como atendimento psicossocial; visitas domiciliares e institucionais, dentre outras. 

Bairro da Paz

Entre os dez CRAS que serão requalificados na primeira parte do projeto, o do Bairro da Paz tem uma característica especial: a unidade do bairro é a única que mudará de endereço após a requalificação. Moradores do bairro já esperam pela inauguração. É o caso, da autonoma Jeane Gonçalves, 41, para quem a mudança foi muito positiva.

“Fui no CRAS lá em cima, porque meu marido recebeu uma carta da previdência, fui me informar. Quando mudar para cá vai ficar muito mais fácil”, comemora. Moradora do bairro há 13 anos, ela conta que hoje precisa andar cerca de 30 minutos para chegar à unidade atual da região. Com a mudança, em cinco minutos Jeane conseguirá chegar ao centro. “Vai ser bom também porque vamos poder resolver as coisas do Bolsa Família aqui perto de casa”.

Segundo a Semps,Salvador tem hoje 314 mil famílias que recebem o Bolsa Família. Dados do Ministério da Cidadania mostram que 173 mil famílias poderiam receber o benefício e não recebem. Concluída a requalificação, as dez unidades contarão com posto fixo de cadastro do programa.   

Além da possibilidade de cadastramento para receber o benefício, o que também deixou os moradores felizes foi a modernização do espaço. Para a aposentada Lindinalva Cruz, 62, e a autônoma Maria José Jesus, 59, a mudança vai fazer toda a diferença. “Com tudo novo vai ficar mais fácil dos funcionários trabalharem”.

ENTREVISTA: Léo Prates

O CORREIO conversou com o titular da Secretaria de Promoção Social e Combate à Pobreza, Léo Prates, sobre o investimento nos CRAs e a mudança no foco da atuação da secretaria. Confira:

O que representam os CRAS e por que requalificá-los?

Os CRAS estão para a assistência social assim como as unidades de atenção básica estão para a saúde. A saúde se divide em atenção de básica, média e alta complexidade. Já a assistência social se divide em área básica e área especial. Na área básica, a gente entendia que precisava de um investimento maior, porque quando chega na especial é como se, comparando com a saúde, a doença já estivesse instalada. Então, a gente está investindo, agora, na prevenção da área social, ou seja, evitar que os vínculos familiares sejam desfeitos.

Como foi possível viabilizar o projeto financeiramente para a requalificação dos CRAS?

Salvador tem um programa chamado Salvador Social, que é feito com investimentos do Banco Mundial, e com ele estamos requalificando e investindo na área da prevenção social.  

Como vai acontecer essa requalificação?

Estamos fazendo por lote, agora serão dez unidades. Todas terão requalificação completa da sua estrutura, parte elétrica, rede lógica, georreferenciamento, Também estamos completando as equipes porque muita gente tinha se aposentado. No primeiro momento estamos contratando por Reda, mas já estamos com concurso em andamento, o primeiro da história de Salvador específico para área da previdência. 

Com a requalificação, a atuação dos CRAS vai mudar?

Além da requalificação da estrutura, estamos remodelando os CRAS. A ideia é que também sejam, por exemplo, pontos de busca ativa da população, que pode ser beneficiada pelo Bolsa Família. Para se ter uma ideia, Salvador tem hoje  314 mil famílias que recebem o Bolsa Família. Mas 670 mil famílias poderiam receber o benefício e não recebem. A partir desse processo de requalificação, nós estamos colocando um cadastrador do Bolsa Família em cada CRAs desse. A intenção é que o centro seja também uma unidade para fazer a busca ativa dessas famílias em vulnerabilidade social.

Como foram escolhidas as dez unidades dessa etapa da requalificação?

O critério foi, basicamente, a desestruturação das equipes. Locais onde, por exemplo, ocorreram mais aposentadorias. Porque a assistência social é, basicamente, feita por gente. 

Esse é um projeto que terá continuidade?

É um projeto de médio prazo. Agora estamos qualificando dez unidades, que devem ser entregues até novembro. A ideia é que em janeiro a gente lance a requalificação de mais cinco. Na verdade, esse é um investimento permanente, já que a medida que eu completo toda a equipe, o salário daquelas pessoas vai ser pagos sempre. Mesmo com esse impacto grande no custeio, é uma decisão do prefeito cuidar das famílias em vulnerabilidade social. 

Qual é o impacto esperado desse projeto e das requalificações para a população?

Nós, além de tudo, estamos aparelhando os CRAS. Uma outra ação importante é um chamamento para o fortalecimento de vínculo. Ou seja, quando o assistente social, o psicólogo, ele percebe que a família está em processo de desestruturação, ele interfere. Esse chamamento é para contratar entidades que trabalhem especificamente com o fortalecimento desses vínculos e que vão atender cerca de 5.983 famílias em Salvador. Esse chamamento é um outro investimento de cerca de R$ 5 milhões. 

Por que essa escolha de investir na atenção básica?

Salvador de fato está investindo enormemente nessa área básica. A gente inverte a lógica da assistência social atuando mais agora em um trabalho de prevenção do que no de reparo, como é a parte especial. Eu acredito que isso vai ser sentido ao longo do tempo, porque eu acredito que isso não é um trabalho para uma gestão. É um trabalho permanente de consolidação das famílias. Além disso, atuar na área básica é mais barato e você tem mais facilidade de reinserção da pessoa, por exemplo, no mercado de trabalho. É diferente do trabalho realizado com uma pessoa em situação de rua, que precisa ser realizado em vários eixos. É um trabalho mais difícil. 

CONFIRA OS ENDEREÇOS DOS CRAS DE SALVADOR:

CRAS ÁGUAS CLARAS
End.: Estrada do Matadouro, s/nº – Cajazeiras 6 – Gerência Regional de Educação
Email.: crasaguasclaras@gmail.com

CRAS BAIRRO DA PAZ
End.: Rua Tancredo Neves, n° 80, Bairro da Paz. Cep: 41.515-235
Próximo ao posto de Saúde
 Tel.: (71)3368-0212
Email.: crasbairrodapaz15@gmail.com

CRAS BOCA DO RIO
End.: Rua Clemente Mariani, nº 101 X –  Boca do Rio
Tel.: (71)3232-4229 / 3462-4496
Email.: crasbocadorio@gmail.com

CRAS BROTAS
End.: Av. Mário Leal Ferreira, nº 80 – Bonocô
Tel.: (71)3381-5369
Email.: crasbrotas15@gmail.com

CRAS CAJAZEIRAS
End.: Conj. Cajazeiras VIII, Setor. D, Casa 51 – Cajazeiras VIII
Tel.: (71)3219-4088 / 3219-4156
Email.: cras.cajazeirasba@gmail.com

CRAS CALABETÃO
End.: Rua Aliança, nº 6 – Calabetão
Tel.: (71)3611-5217 / 3611-5254
Email.: crascalabetao15@gmail.com

CRAS CENTRO HISTÓRICO
End.: Largo da Barroquinha, s/nª – 1ª andar – Barroquinha
Tel.: (71)3611-6830 / 3611-6901
Email.: crassscentrohistorico@gmail.com

CRAS ENGOMADEIRA
End.: Rua da Engomadeira, 437 –Engomadeira
Tel.: (71)3433-1962 / 3433-1851
Email.: crasengomadeira15@gmail.com 

CRAS FAZENDA GRANDE DO RETIRO
End.: Rua Melo Moraes Filho, 480- Fazenda Grande do Retiro
Tel.: (71)3403-5318 / 3403-5581
Email.: crasfazendagrande@gmail.com

CRAS FEDERAÇÃO
End.: Rua Pedro Gama, Alto Sobradinho, s/n – Federação
Tel.: (71)3203-2533 / 3203-2762
Email.: crassfederacao@gmail.com

CRAS ILHA DE BOM JESUS
End.: Largo 2 de julho, s/n – Centro
Tel.:  (71)3297-3299 / 3297-3010
Email.: crasilhabomjesus@gmail.com 

CRAS ILHA DE MARE
End.: Rua do Dendê, s/nº – Santana
Tel.: (71)3297-1213 / 3297-1100
Email.: crasilhademare16@gmail.com 

CRAS ITAPAGIPE
End.: Av. Afrânio Peixoto, nº 384 – Suburbana
Tel.: 3390-6712
Email.: crasitapagipe15@gmail.com 

CRAS ITAPUÃ
End.: Rua da Cacimba, 253 -Itapuã
Tel.:  (71)3285-8572 / 3285-8573
Email.: crasitapua15@gmail.com 

CRAS LIBERDADE
End.: Rua Pero Vaz, nº 104, Térreo – Pero Vaz
Tel.: (71)3388-8587 / 3388-8831
Email.: crasliberdade15@gmail.com

CRAS LOBATO
End.: Av. Afrânio Peixoto, nº 384 – Suburbana
Tel.: (71)3390-6712
Email.: craslobato15@gmail.com 

CRAS MATA ESCURA
End.: Rua C – Loteamento Jardim Pampulha, s/nº – Mata Escura
Tel.: (71)3390-6746
Email.: crasmataescura@gmail.com

CRAS NORDESTE
End.: Rua Reinaldo de Matos, 34 – Nordeste de Amaralina
Email.: crasnordeste15@gmail.com

CRAS NOVA ESPERANÇA (CEASA)
End.: Rua Castro Alves, nº 8 Nova Esperança
Tel.: 3301-6928 / 3301-6892
Email.: crasceasa@gmail.com

CRAS PARIPE
End.: Rua Potiguar, 4 A – Final de linha da COCISA
Tel.:  (71) 3307-8425
Email.: crasparipe@gmail.com 

CRAS PARQUE SÃO BARTOLOMEU
End.: Rua São Bartolomeu nº 1332 – Parque São Bartolomeu
Tel.: (71)3401-8046 / 3401-8228
Email.: craspqsaobartolomeu15@gmail.com 

CRAS PARQUE SÃO CRISTÓVÃO
End.: Rua Oeste I, nº 04 – Parque São Cristóvão
Tel.: (71)3252-5447
Email.: crasparquesaocristovao@gmail.com 

CRAS PAU DA LIMA
End.: Nossa Senhora Auxiliadora S/Nº –  Pau da Lima
Tel.: (71)3611-5219 / 3611-5236
Email.: crassantoinacio15@gmail.com

CRAS PLATAFORMA
End.: Rua São Bartolomeu nº 1332 – Parque São Bartolomeu
Tel.: (71)3401-8046 / 3401-8228
Email.: crasplataforma15@gmail.com 

CRAS SÃO CRISTÓVÃO
End.: Rua Praias do Brasil, nº 01 – Praça Iolanda Pires – São Cristóvão
Tel.: (71)3377-4130
Email.: crassaocristovao1@gmail.com 

CRAS TANCREDO NEVES (NARANDIBA)
End.: Rua Edgar Santos, 611- Narandiba (Centro Social Urbano)
Tel.: (71)3611-5510
Email.: crastancredoneves2015@gmail.com 

CRAS VALÉRIA
End.: Praça da Matriz, s/n – Valéria
Tel.:  (71)3301-8570
Email.: crasvaleria16@gmail.com 

CRAS LAGOA DA PAIXÃO
End.: Via Bronze Caminho 13 – Centro unificado de Esporte e Lazer – CEU VALÉRIA /Nova Brasília de Valéria.

*Com orientação do chefe de reportagem Jorge Gauthier


Relacionadas
Correio.play
https://www.correio24horas.com.br/noticia/nid/taylor-swift-lanca-o-lover-o-setimo-album-de-sua-carreira/
https://www.correio24horas.com.br/noticia/nid/banda-paulista-o-terno-apresenta-novo-album-no-tca-nesta-sexta-23/
Disco <atrás/além> é o quarto da carreira do trio liderado por Tim Bernardes
Ler Mais
https://www.correio24horas.com.br/noticia/nid/rita-beneditto-apresenta-tecnomacumba-no-ic-encontro-de-artes/
Show acontece no Goethe-Institut nesta sexta (23), às 20h
Ler Mais
https://www.correio24horas.com.br/noticia/nid/suspeito-de-golpe-milionario-tem-prisao-preventiva-decretada-na-bahia/
Homem mentiu para a família e disse que ficou rico após ganhar na Mega-Sena
Ler Mais
https://www.correio24horas.com.br/noticia/nid/skatista-de-11-anos-pode-representar-o-brasil-na-olimpiada/
Rayssa Leal estará em Lauro de Freitas neste fim de semana para disputar Circuito Brasileiro de Skate
Ler Mais
https://www.correio24horas.com.br/noticia/nid/gilberto-gil-e-carlinhos-brown-agitam-a-semana-do-clima/
Artistas defenderam o meio ambiente e a luta pela preservação da natureza
Ler Mais
https://www.correio24horas.com.br/noticia/nid/apos-colocar-fogo-em-onibus-homem-se-esfaqueia-em-copacabana/
Vídeo mostra veículo tomado por fumaça; suspeito tem passagem por homicídio
Ler Mais
https://www.correio24horas.com.br/noticia/nid/transito-na-acm-sera-modificado-a-partir-do-proximo-dia-31-veja-o-que-muda/