Presidente da OAB reage a atos de Bolsonaro e cobra posição de Lira e de Pacheco

brasil
07.09.2021, 19:27:00
Atualizado: 07.09.2021, 19:28:05
(Eugênio Novaes/OAB)

Presidente da OAB reage a atos de Bolsonaro e cobra posição de Lira e de Pacheco

Felipe Santa Cruz diz que chegou a hora de presidentes da Câmara e Senado se manifestarem e acusa uso de dinheiro público em atos

O presidente da Ordem dos Advogados do Brasil (OAB), Felipe Santa Cruz, avaliou há pouco que o presidente Jair Bolsonaro usou dinheiro público para transformar uma data nacional (Dia da Independência) em evento particular. Pelo Twitter, a atitude do presidente está a serviço de seus "interesses golpistas".

Por isso, o advogado convocou uma atuação por parte do Congresso "Chegou o momento histórico de os presidentes da Câmara (Arthur Lira) e do Senado (Rodrigo Pacheco) tomarem posição. A sociedade espera atitude firme de defesa da democracia ameaçada", escreveu na sua conta da rede social.

Há a expectativa de que ainda hoje a OAB publique um comunicado a respeito do discurso de Bolsonaro em Brasília e em São Paulo. Em sua fala, o presidente disse que não aceitaria mais decisões do ministro do Supremo Tribunal Federal (STF), Alexandre de Moraes.

***

Em tempos de coronavírus e desinformação, o CORREIO continua produzindo diariamente informação responsável e apurada pela nossa redação que escreve, edita e entrega notícias nas quais você pode confiar. Assim como o de tantos outros profissionais ligados a atividades essenciais, nosso trabalho tem sido maior do que nunca. Colabore para que nossa equipe de jornalistas seja mantida para entregar a você e todos os baianos conteúdo profissional. Assine o jornal.


Relacionadas