Projeto da Visa estima ganhos de R$ 937 mi para Feira e de R$ 464 mi para Conquista

negócios
21.05.2019, 05:00:00

Projeto da Visa estima ganhos de R$ 937 mi para Feira e de R$ 464 mi para Conquista

Os municípios de Feira de Santana e de Vitória da Conquista- os dois maiores do interior da Bahia – são palco para a ampliação do projeto Cidades de Futuro, da operadora de cartões de crédito e débito Visa. A ideia é incentivar – por meio de promoções e ações educativas -  a população das duas cidades a usar mais os cartões e outros meios eletrônicos, diminuindo o número de pagamentos feitos em espécie. Segundo a Visa, a troca do papel pelo plástico traz vantagens para consumidores, comerciantes e governos. No caso de Feira de Santana, a estimativa é a de que os ganhos somem R$937 milhões por ano, sendo R$125 milhões para os consumidores - considerando a economia de tempo entre transações bancárias e no varejo, além de redução de crimes relacionados ao dinheiro em papel -; R$416 milhões para os estabelecimentos comerciais - incluindo, entre outros, economia de tempo durante o processamento de pagamentos, aumento de receita por vendas decorrentes de uma maior base de clientes, tanto nas lojas físicas quanto no ambiente online-; e R$397 milhões para o governo- devido ao aumento das receitas fiscais, do crescimento econômico e à redução de custos operacionais. Além disso, o mesmo estudo prevê que, até 2032, os impactos estimados a longo prazo em Feira de Santana, resultantes de alguns benefícios diretos, seriam: o incremento adicional de 1,3% em empregos, decorrentes da intensificação da atividade econômica, 1,7% de aumento extra nos salários e um crescimento de 0,57% no PIB municipal, além do que seria esperado, graças à eficiência com o uso de pagamentos digitais, resultando em um incremento adicional de 1,1% em produtividade.
 
Conquista – Já para Vitória da Conquista, os ganhos são calculados em R$ 464 milhões por ano: R$69 milhões para os consumidores; R$201 milhões para os estabelecimentos comerciais; e R$193 milhões para o governo. Até 2032, os impactos estimados a longo prazo preveem ainda, incremento adicional de 1,4% em empregos, 1,8% de aumento extra nos salários e crescimento de 0,59% no PIB por causa do incremento adicional de 1,2% em produtividade. 
 
Projeto – O Cidades do Futuro é baseado no estudo Cidades sem dinheiro em espécie: Compreendendo os benefícios dos pagamentos digitais, encomendado pela Visa à Roubini ThoughtLab em 2016. A pesquisa mostra como o aumento no uso de meios eletrônicos de pagamento, como cartões e outros dispositivos de pagamentos, pode gerar um benefício líquido de até US$ 470 bilhões por ano nas 100 cidades estudadas. Em 2018, em parceria entre Visa e startup de pagamentos SumUp, o projeto foi implementado em três cidades escolhidas no projeto piloto – Belém (PA), Campina Grande (PB) e Maringá (PR). Segundo a Visa, os três municípios  apresentaram em três meses um crescimento no volume de uso de cartões Visa 20% superior ao crescimento médio do País constatado no mesmo período. Segundo Eduardo Barreto, vice-presidente da  Visa do Brasil, Alagoinhas, Barreiras, Cruz das Almas e Irecê devem receber o projeto até o final do ano.
 
 
Casamento contra a baixa estação
O planejamento e a realização de casamentos tipo pé na areia tem sido uma alternativa para movimentar hospedagens e restaurantes do Litoral Norte. Segundo Jorge Grumet, consultor de negócios do Naño Beach Club – localizado em Subaúma – a partir de maio, as noivas que sonham com este tipo de celebração começam a planejar a festa, escolhendo e testando os serviços da região. O Nanõ Club, inclusive, é um dos locais preferidos para casamentos de tipo. Segundo Grumet, após os testes nas baixa estação, os casamentos costumam ocorrer com mais frequência entre setembro e março, quando o sol é mais constante. Nos últimos doze meses o Nanö Beach Club realizou cerca  de 14 casamentos, mais de um por mês. Só em 2018 a empresa movimentou com este tipo de evento cerca R$ 2 milhões, 60% da receita do empreendimento. A empresa aponta ainda uma movimentação de aproximadamente um milhão de pessoas,  dentre convidados(as) e prestadores(as) de serviços. E que entre os casais e convidados das cerimônias ali realizadas  40% são de Goiânia (GO), 20% do interior paulista, 10% de Minas Gerais, 10% de Brasília (DF), 5% de Salvador (BA) e o restante de outras regiões do país.
 
Shopping terá escola de cursos  técnicos
Para ampliar e segmentar seu mix, o Shopping Cajazeiras anuncia a chegada de uma unidade da Projeta Cursos Técnicos, que oferece diversas formações técnicas, profissionalizantes e especializações. A escola está prevista para ser inaugurada em agosto e ocupará um espaço de 500m² no segundo piso do centro de compras. Inscrições e matrículas já estão sendo feitas no local. “Escolhemos o Shopping Cajazeiras pela boa localização, estrutura e segurança. O Projeta Cursos Técnicos já sentia uma grande demanda de pessoas querendo se profissionalizar através de nossos cursos”, afirma Leonardo Fontes, diretor do Projeta Curtos Técnicos. Dentre as opções de cursos técnicos estão Enfermagem, Saúde Bucal, Estética, Segurança do Trabalho, Logística e Massoterapia, além dos cursos profissionalizantes em Auxiliar de Veterinário, Cuidador de Idosos, Atendimento de Farmácias e Drogarias, Depilação profissional, Design de Sobrancelhas, Alongamento de Cílios, Manicure e Pedicure profissional e Unha em Gel. Entre os cursos de especializações estão os de Instrumentação cirúrgica odontológica, radiologia odontológica e Enfermagem do trabalho.
 
Preço da gasolina varia 72% na Bahia
O preço dos combustíveis segue instável. De acordo com levantamento feito no mês de abril e recentemente fechado pela ValeCard, empresa especializada em soluções de gestão de frotas, os postos credenciados à marca na Bahia registraram uma variação de  72% no preço da gasolina comum (de R$ 3,49 a R$ 6,00); de 62,4% na gasolina aditivada( de R$ 3,49 a R$ 5,67); de 74% no etanol comum (de R$ 2,66 a R$ 4,63); 42,3% no etanol aditivado ( de R$ 3,12 a R$ 4,44); e de 56,8% no diesel comum (de  R$ 3,15 a R$ 4,94). Nacionalmente, a variação no preço da gasolina comum foi de 100,3% segundo a mesma pesquisa. O preço do combustível variou de R$ 3,49 – visto na Bahia, Pernambuco e Rio Grande do Norte – a R$ 6,99, registrado no Amazonas.  No caso da gasolina aditivada, a oscilação foi de 77,3%; no do etanol comum, 102%; no do etanol aditivado, 72,7%; e no diesel, 64%.
 
FIQUE POR DENTRO
 
Experiência – Amanhã a noite, a OR, braço imobiliário do Grupo Odebrecht, apresenta ao mercado baiano o seu novo projeto para 2019: a loja OR Experience. A ideia é apresentar  todas as novidades da empresa e aproveitar as peculiaridades de uma loja que pretende, através da experiência, aguçar os cinco sentidos dos consumidores.

Inovação – Três empresas baianas foram classificadas  para disputar a final do Prêmio Nacional de Inovação, conferido pela CNI e pelo SEBRAE  com o objetivo de incentivar e reconhecer os esforços bem-sucedidos de inovação e gestão da inovação nas organizações brasileiras. São elas a Topos Informática, a BMD Têxteis e a Qualidados.  Os vencedores serão conhecidos no dia 10 de junho, no 8º Congresso de Inovação, que acontece em São Paulo. As empresas concorrem a R$ 150 mil e a uma imersão internacional em um ambiente de inovação. A  8º edição do prêmio recebeu a inscrição de 1.746 empresas, entre as quais apenas 27 foram selecionadas para a etapa final. A premiação é dividida em cinco categorias; Gestão da inovação,  inovação de produto, inovação de processo, inovação organizacional e inovação em marketing. E três modalidades; Micro e Pequenas Empresas - MPEs, médias empresas e grandes empresas. Algumas das finalistas concorrem em mais de uma Categoria, caso da Topos Informática  e da BMD Têxteis que concorrem em três das cinco. A primeira em processo, organizacional e gestão da inovação, na modalidade MPEs. E a segunda em produto, processo e marketing na modalidade médias empresas,  a Qualidados concorre na mesma modalidade na categoria  organizacional.

Aeroporto - A VINCI Airports, empresa que administra o Aeroporto de Salvador, se tornou a segunda maior operadora aeroprutária do mundo ao concluir a aquisição da participação majoritária (50,01%) nas ações do Aeroporto de Londres Gatwick, uma propriedade plena e o segundo maior aeroporto do Reino Unido. Agora, a empresa francesa vai transportar 240 milhões de passageiros por ano, incluindo os 46 milhões de Londres Gatwick.  A VINCI Airports  opera uma rede com 46 aeroportos em 12 países. Ao apresentar suas credenciais para jornalistas baianos no ano passado, executivos do grupo afirmaram que usariam a força de sua capilaridade e da presença global para atrair novos voos para a capital baiana.

Educação – A Maple Bear, rede de escolas canadense que aposta na educação bilíngue, pretende ampliar ainda mais o número de unidades em operação em todo o Brasil para chegar a 100 novos contratos de franquias até o final do ano.  Os planos incluem 17 novos acordos no Nordeste, sendo 7 deles na Bahia. No Brasil desde 2006, ganhou um ritmo nos últimos três anos, pulando de 86 unidades para 121, uma variação de 41%.  
 
Comunicação – A Yahsat abriu ontem para 42 cidades baianas seu sinal de internet por satélite. Com isso, a empresa passa a estar presente em 18 estados brasileiros e, até o fim de 2019, deverá estar atuando em mil cidades. Para atrair consumidores, a empresa está presenteando os novos clientes com a primeira fatura paga. A ideia da empresa é ser uma operadora viável especialmente para pequenas e médias empresas ou residências instaladas em regiões não atendidas pelo serviço de internet banda larga no estado.


Construção -  A Disensa, maior rede de franquias de materiais de construção da América Latina, chegou no Estado da Bahia em 2018 e hoje já tem 25 lojas de bairro que se associaram à rede para melhorar seus negócios. A última inauguração ocorreu no sábado,  em Lauro de Freitas. A Total Materiais de Construção (Av. Luis Tarquinio Pontes, 2771, Vilas do Atlântico) passa a ser Disensa após firmar contrato de franquia com a empresa multinacional. Os demais franqueados baianos estão localizados em Salvador, Camaçari, Juazeiro, Capim Grosso, Itiuba, Irecê, Casa Nova, Curaçá, Jaguarari, Ipirá, Itaberaba, Alagoinhas, Simões Filho, Jequié e Euclides da Cunha. A previsão é de que até o final do ano, mais contratos de franquia sejam firmados e lojas inauguradas. No Brasil, já são 95 lojas franqueadas distribuídas pelos estados do Rio de Janeiro, Pernambuco e Bahia.


Logística - A Aliança Navegação e Logística, uma das líderes no transporte via cabotagem, participa, nesta quinta (23/5), da “Conferência: Cabotagem a Solução! Visão geral desta importante forma de transporte”, em Salvador (BA). A organização do evento é da Câmara Empresarial do Comércio Argentina- Bahia.  Jaime Batista, gerente nacional de Vendas Cabotagem da Aliança, representará a companhia no debate
 

***

Em tempos de coronavírus e desinformação, o CORREIO continua produzindo diariamente informação responsável e apurada pela nossa redação que escreve, edita e entrega notícias nas quais você pode confiar. Assim como o de tantos outros profissionais ligados a atividades essenciais, nosso trabalho tem sido maior do que nunca. Colabore para que nossa equipe de jornalistas seja mantida para entregar a você e todos os baianos conteúdo profissional. Assine o jornal.


Relacionadas