Promotor triplica renda durante a época do verão

empregos
08.01.2018, 06:01:00
Luan conseguiu triplicar os ganhos em dezembro e conseguiu até indicar amigos (Foto: Arisson Marinho/ CORREIO)

Promotor triplica renda durante a época do verão

Só em dezembro, a renda extra do técnico de informática Luan Porto chegou a R$ 2 mil

Comecei a procurar atividades temporárias quando a mãe da minha filha engravidou. O dinheiro que eu ganhava de estagiário não estava dando e eu precisava de uma grana extra. Decidi correr atrás por fora. O ramo de eventos é muito sazonal. Em média,  eu faço entre R$ 500 e R$ 700 extra.

Tem meses que faço mais. Esta estimativa leva em conta até os meses que eu não faço nada. Mas isso equilibra. Um mês compensa o outro quando não rola nenhuma ação. No Verão, a oferta de trabalho neste segmento cresce bastante. Aumenta tanto, que em dezembro eu não estava conseguindo dar conta dos trabalhos e acabei indicando outras pessoas para as vagas que surgiam.

Ainda assim, consegui triplicar minha média e tirei R$ 2 mil só em um mês. Trabalho com bar, garçom de luxo, tequileiro, coordenador de bate-volta e excursões. Também faço eventos corporativos como receptivo, panfletagem e outras ações de promotoria. A primeira coisa que o profissional precisa ter é vontade de trabalhar e disposição. Ser simpático, educado e ter postura.  Geralmente, o canal para buscar estas vagas são as próprias agência de eventos e de promoção de marketing. É uma área de correria, mas bem gostosa de trabalhar

***

Em tempos de coronavírus e desinformação, o CORREIO continua produzindo diariamente informação responsável e apurada pela nossa redação que escreve, edita e entrega notícias nas quais você pode confiar. Assim como o de tantos outros profissionais ligados a atividades essenciais, nosso trabalho tem sido maior do que nunca. Colabore para que nossa equipe de jornalistas seja mantida para entregar a você e todos os baianos conteúdo profissional. Assine o jornal.


Relacionadas